Maiores dinossauros do mundo / Top 5 maiores dinossauros do Mundo

30/08/2015 21:10

Argentinossauro

O argentinossauro (Argentinosaurus huinculensis, do latim "lagarto da Argentina") foi uma espécie de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período Cretáceo. Medía cerca de 35 metros de comprimento, 15 metros de altura e pesava algo entre 80 e 100 toneladas.
O argentinossauro viveu na América do Sul e, como seu próprio nome sugere, foi descoberto na Argentina, fato muito recente inclusive. Foi um dos maiores animais que já existiram e provavelmente o maior e mais pesado de todos os dinossauros, precisava ingerir cerca de uma tonelada de folhas por dia, isso se a teoria de que os saurópodos possuíam sangue frio for verdade, porque se não for (no caso, se os saurópodos tivessem sangue quente), o argentinossauro precisaria ingerir 5 ou 6 toneladas de folhas por dia, algo praticamente impossível. Mesmo descartando a hipótese do sangue quente fica difícil aceitar a do sangue frio já que uma tonelada de folhas por dia é pouco plausível.
 
 

Braquiossauro

 
 
 
O Braquiossauro cujo nome significa "lagarto braço", dado os seus membros anteriores ("braços") serem maiores que os posteriores, era um género de dinossauros saurópode que viveu durante o fim do período Jurássico.seu pescoço tinha 10 metros.Ele Tinha mais de 15 metros de altura,25 metros de comprimento,chegando a pesar 115 toneladas.
O primeiro braquiossauro foi descoberto em 1900 no Colorado, EUA, mas também viveu na área onde se localiza hoje a Argélia e a Tunísia, há aproximadamente 144 milhões  de anos, durante o período Jurássico. Esse animal provavelmente não poderia erguer-se nas patas traseiras como mostra o filme "Jurassic Park", pois elas eram mais curtas que as dianteiras. Mesmo assim sua altura lhe permitia, sem esforço, comer as copas das árvores, sua atividade principal.
O braquiossauro passava a maior parte do dia comendo folhas de suas árvores prediletas como as coníferas (um tipo de pinheiros),cicadáceas e ginkgoáceas.Algumas estimativas,baseadas em modelos reconstruídos com ossos e musculatura calculada, situavam o seu peso entre 32 toneladas (Gregory Paul 1988) a 37 toneladas (Christiansen 1997).Contudo estudos demonstam que este animal podia chegar a pesar mais de 70 toneladas. Durante muito tempo julgou-se ser este o maior dinossauro a ter existido. Porém sabe-se agora que vários titanossauros (o argentinossauro, por exemplo) eram maiores que o braquiossauro. Recentemente foram descobertos outros tipos de braquiossauros sendo eles o superssauro e o ultrassauro,o maior de todos os dinossauros encontrados. Calcula-se que, para abastecer seu corpanzil, comia mais ou menos 2 toneladas de plantas por dia. Apesar do grande peso, podia desenvolver uma velocidade de aproximadamente 20 km/h. Com certeza a terra devia tremer.
Como as narinas desse enorme saurópode ficavam no alto da cabeça, muitos cientistas acreditavam que ele vivia na água, comendo plantas aquáticas no fundo de lagos e rios. Nesse caso seu corpo ficaria debaixo da água e de vez em quando aparecia a pequena cabeça com as narinas através das quais ele respirava. Mas essa teoria foi superada, pois sabe-se que seus pulmões não teriam suportado a pressão da água.
 

Ultrassauro

 
 
O ultrassauro (Ultrasaurus tabriensis) foi uma espécie de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período Jurássico. Media cerca de de 38 metros de comprimento, 22 metros de altura e pesava 90 toneladas.
O Ultrasaurus tabriensis viveu na Ásia e foi um dos maiores dinossauros que já existiram. Era herbívoro e provavelmente passava o dia inteiro comendo.
A existência da espécie do ultrassauro ainda não foi comprovada, pois existe a possibilidade dos poucos fósseis já encontrados serem na verdade de outra espécie de saurópodo.
 

Seismossauro

 
 
O sismossauro (Seismosaurus hallorum, do latim saurus "lagarto" e do grego seismo "que faz a terra tremer") foi uma espécie de dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período Jurássico. Media entre 45 e 54 metros de comprimento e pesava entre 60 e 100 toneladas.
O sismossauro viveu na América do Norte e seus fósseis foram encontrados no Novo México, Estados Unidos. O sismossauro foi um dos maiores dinossauros que já existiram, se não o maior, seus fósseis, entretanto, são insuficientes para definir o tamanho exato do animal. Se o sismossauro tivesse mais de 54 metros de comprimento ,ele poderia ser classificado como o maior animal terrestre que já existiu.
Em 1985 foram encontrados ossos desse dinossauro no Novo México, Estados Unidos, e próximo ao achado havia mais de duzentas pedras redondas e polidas chamadas gastrólitos, que ajudavam os sismossauros, e muitos outros saurópodos, a digerir a enorme quantidade de plantas que comiam.
O sismossauro tinha corpo em forma de barril, cabeça pequena, cauda comprida e espinha dorsal forte e flexível. Agitando a cauda como um chicote o sismossauro conseguia abater um predador com muita facilidade.
O argentinossauro, sauroposeidon, e o sismossauro são considerados os extremos de altura, peso e comprimento no mundo animal terrestre.
 
 

Sauroposeidon

 
 
 
O Sauroposeidon (Sauroposeidon protelus) cujo nome significa “Lagarto de Poseidon” (pois este era o deus grego dos mares e oceanos, correspondente a Netuno para os romanos) está entre os maiores dinossauros que já existiram, competindo com o Argentinossauro,o Puertasauro e o Seismossauro. O sauroposeidon viveu na América do Norte no período Cretáceo, há 110 milhões de anos. Foi descoberto em 1994 no município de Otaka, em Oklahoma, Estados Unidos. Provavelmente o sauroposeidon passava ¾ de seu tempo se alimentando, já que as folhas naquele tempo eram pobres em energia.
Fazia parte da família dos braquiossaurídeos, cujas principais características são: pernas anteriores maiores que as posteriores, pescoço longo e quase ereto, narinas no alto da cabeça e cauda curta e grossa. Outra característica marcante é a grande altura atingida por estes saurópodes. Sendo o maior exemplar de sua família, este foi provavelmente o mais alto animal que já existiu, chegando a impressionantes 25 metros de altura, pesando 80 toneladas. Embora fosse grande e pesado, tinha ossos relativamente leves.