Fantasmas e sua história

12/12/2014 09:30
Algumas perguntas ainda permanecem sem respostas, uma dessas perguntas é se seria possível fotografar um espirito com uma simples câmera? Enquanto muitas pessoas se recusam a acreditar no sobrenatural, várias pessoas mostram para o mundo o que seriam supostas aparições de fantasmas em fotografias. Essas aparições seriam reais ou meras montagens, tire suas próprias conclusões.  
 
 
 
Conheça as histórias por trás de cada uma dessas fotos assustadoras:
 

  Vulto do a vô

       
 
 
Russell olhava alguns álbuns de fotos da família quando se deparou com uma cena assustadora. Em uma das fotografias de sua avó é possível ver o vulto do avô que havia falecido há cerca de 10 anos antes da foto ser tirada.
 

 

Homem com chapéu escuro

 
 
 
Terry Ike Clanton que era ator, queria ter uma foto no estilo Velho Oeste. Porém, quando a fotografia foi revelada ele se assustou com o que viu. Entre as lápides, é possível ver a imagem do que parece ser um homem magro com um chapéu escuro. 
 
 

Vulto na Igreja

 
 
Diane e Peter Berthelot visitavam a Igreja de Worstead, em Norfolk, Inglaterra. Peter resolveu fotografar sua mulher enquanto ela rezava sozinha. Só que quando a foto foi revelada ela não parecia estar só.
 
 

No banco de trás

 
 
No ano de 1959, Mabel Chinnery levou sua esposa para visitar o túmulo da mãe. Depois de tirar algumas fotos, a mulher resolveu tirar uma foto do marido que esperava sozinho no carro. Quando a foto foi revelada, o casal se apavorou com o que viram na foto, uma figura de óculos sentado no banco de trás do carro. Sra. Chinnery imediatamente reconheceu o vulto como sendo uma aparição de sua mãe.
 

Menina na porta

 
Em 19 de novembro de 1995, Wem Town Hall, em Shropshire, Inglaterra pegou fogo. Muitos espectadores se reuniram para assistir o antigo prédio arder em chamas. Tony O'Rahilly, um residente local, foi um desses curiosos, ele tirou várias fotos em preto e branco do local. Uma dessas fotos mostra o que parece ser uma pequena menina na porta do prédio em chamas. Algumas pessoas chegaram a afirmar que a menina que aparece na foto era o fantasma de Jane Churn, uma jovem que foi acusada (em 1677) de um incêndio na mesma cidade.
 
 

 A jovem solitária

 
 
Esta foto foi tirada durante uma investigação no cemitério de Grove Bacharel pela Ghost Research Society (GRS). Com fama de ser um dos cemitérios mais assombrados em todo os EUA, Grove Bacharel já foi o local de mais de 100 diferentes testemunhos de fenômenos estranhos incluindo visões, barulhos inexplicáveis e até bolas de luz.
 
Um dos membros da GRS, Mari Huff, foi tirar fotos em preto e branco com uma câmera de alta velocidade onde o grupo havia observado algumas anomalias em seus aparelhos de “caça-fantasmas”. O cemitério estava vazio, com exceção dos membros da GRS. Quando as fotos foram reveladas, o que aparece em uma das fotografias é uma jovem solitária, vestida de branco sentada em uma lápide. Partes de seu corpo estão parcialmente transparentes e o estilo do seu vestido parece estar fora de moda. 
 
 
Real? Fantasia? Aparição? ou apenas armação? Cabe a você decidir no que acreditar!!!