Marinha Russa libera registros sobre OSNIs considerados reais

27/05/2016 05:42

Os objetos submersos não identificados (OSNIs) não são tão famosos como os OVNIs, embora eles sejam frequentemente encontrados, de acordo com registros liberados pela Marinha Russa. A característica mais comum de todos os fenômenos do tipo OSNI, é que eles envolvem objetos inexplicáveis e tecnologicamente mais avançados - muito superior a qualquer coisa que já tenha sido construído pelas mãos humanas.
 
Os documentos recentemente disponibilizados contêm relatórios da era soviética em detalhes, e muitos casos de possíveis encontros com OSNIs. O ex-oficial da Marinha e ufologo russo, Vladimir Azhazha, acredita que esses documentos são de grande valor. 
 
 Um dos casos mais interessantes que ele examinou envolveu um submarino nuclear em uma missão de combate no Pacífico Sul. Durante a operação de rotina, o submarino detectou seis objetos desconhecidos que viajavam em formação em velocidades acima de 230 nós (265+ mph). Em comparação, o submarino mais rápido feito pela humanidade foi o dos soviético K-222, ele atinge cerca de 44 nós (51 mph).
 
 
O sonar do submarino determinou que os objetos estavam indo direto para eles, assim que o capitão deu a ordem para ir a superfície. Os OSNIs seguiu-os para a superfície, em seguida, voaram para longe. Casos semelhantes foram relatados na região do Triângulo das Bermudas, como comandante do submarino Yuri Beketov lembra. Instrumentos de bordo, muitas vezes não funcionam corretamente, indicando a presença de uma forte interferência. Muitos acreditam que este é um sinal claro da presença de OSNIs/OVNIs.
 
 
"Em várias ocasiões, os instrumentos deram leituras de objetos solidos que se deslocam a uma velocidade incrível. Os cálculos mostraram uma velocidade de cerca de 230 nós, - 265 mph.  Acelerar tão rápido é um desafio ainda sobre a superfície. Mas a resistência à água é muito maior. Era como se os objetos quebrassem todas as leis da física. Só há uma explicação: as criaturas que os construíram sem duvida nos superam em desenvolvimento", disse Beketov.
 
 OVNIs e OSNIs parecem concentrar-se sempre em locais que ocorrem operações militares, indicando o seu interesse em arsenal militar.
 
 

"Três homens foram mortos, enquanto os outros quatro ficaram gravemente feridos"

 
Lago Baikal
 
Outro hotspot de OSNI é o Lago Baikal, na Rússia. O mais profundo lago de água doce do mundo, sempre teve um certo misterio da natureza nesse lugar - pescadores contam contos de luzes que são notadas nas profundezas. Vários contos populares descrevem nadadores que são arrastado para baixo por criaturas que se ocultam sob as ondas calmas do Baikal.
 
Outro dos documentos russos descreveu o encontro entre um grupo de mergulhadores militares e vários seres humanóides em ternos de prata. Os mergulhadores estavam treinando no Lago Baikal, a uma profundidade de 150 pés (50 metros), quando eles se depararam com um grupo de criaturas desconhecidas. Os mergulhadores foram mais fundo na busca dos humanóides. Três homens foram mortos, enquanto os outros quatro foram gravemente feridos
 
Vladimir Azhazha acredita que a questão deve ser cuidadosamente investigada. "Eu penso sobre bases submarinas, a final, por que não? Nada deve ser descartado", diz Azhazha. "O ceticismo é a maneira mais fácil de não acreditar em nada, e não fazer nada sobre. As pessoas raramente visitam grandes profundidades. Portanto, é muito importante analisar o que eles podem encontrar lá em baixo"