Inacreditável: Esferas de origem extraterrena encontradas no fundo do mar podem ter trazido vida extraterrestre aos oceanos

11/06/2017 11:18
 
É possível que existam formas alienígenas de vida não descobertas habitando as regiões mais profundas dos nossos oceanos?
 
 
 
Portsmouth, Inglaterra, em 21 de dezembro de 1872, o HMS Challenger zarpa em uma expedição cientifica de três anos para estudar os oceanos e a vida marinha. 
 
Na época de sua partida, o ponto de vista cientifico dominante é de que a vida não poderia existir a mais de 550 metros abaixo da superfície do oceano. Mas em Março de 1875, depois de mais de 2 anos no mar, a tripulação do HMS Challenger fez uma descoberta impressionante. 
 
Usando uma rede de pesca para águas profundas, eles descobriram uma abundancia de vida, em profundidades muito além de 550 metros... 
 
 
Todas as vezes que eles recolhiam as redes lançadas nas profundas do oceano, eles traziam a tona criaturas cada vez mais estranhas dos níveis mais profundos. Logo ficou aparente que os oceanos estavam cheios de vida. 
 
Eles encontraram mais de 4.700 tipos diferentes de vida no oceano. Foi uma riqueza de dados tão vasta que preencheu 50 volumes com 30 mil paginas de informação, e foi, basicamente, uma revolução cientifica para sua época. 
 
 
 

A evidencia máxima de vida extraterrestre no oceano: Esfériculas Cósmicas

 
 
Porem, além de encontrar novas espécies de vida marinha, a tripulação do Challenger também fez a primeira descoberta do que são chamadas de Esfériculas Cósmicas, que são micrometeoritos de ferro e níquel vindas do espaço. 
 
De acordo com alguns cientistas, essas esfériculas poderiam ser capazes de transportar a vida extraterrestre para todo o universo.
 
Muitas dessas rochas teriam transportado uma grande carga de vida microbiana. Encapsulado dentro das rochas, um micróbio poderia sobreviver as condições severas do espaço. Dentro da rocha eles (os micróbios) estariam protegidos da radiação, provavelmente em uma fase adormecida por milhares se não milhões de anos. 
 
Quando os cientistas estudaram estas esferas, descobriram que elas continham ferro de origem extraterrestre. Isso levou os pesquisadores a especular que esses objetos de ferro tenham sido trazidos para o planeta por seres extraterrestres e depositado por eles nos nossos oceanos para trazer formas de vida ao planeta.