EUA foram avisados: país está à beira de desastre natural segundo especialistas

17/07/2016 12:52

De modo geral, ela age silenciosamente, porém, quando se manifesta, sua força é brutal e destruidora, nos lembrando que somos muito pequenos diante da força da natureza.

 
 
 
 
A Falha de San Andreas é o limite tectônico entre a Placa Norte-americana e a Placa do Pacífico e se prolonga por 1.300 km do estado da Califórnia, nos EUA, desembocando no Golfo da Califórnia. Thomas Jordan, o diretor do Centro Sísmico do Sul da Califórnia, adverte, após os últimos movimentos registrados, que ela está “carregada e pronta para tremer”. 
 
Uma das coisas que gera mais preocupação é o fato de a parte sul da falha não registrar terremotos há 300 anos. Por isso, os especialistas temem que, quando finalmente liberar toda essa energia acumulada, os danos sejam realmente devastadores. 
 
Se ocorrer um terremoto nesse setor, a cidade de Los Angeles, que tem uma população de quase 4 milhões de habitantes (a segunda maior dos EUA), será a mais afetada. 
 
Especialistas acreditam que, após tantos anos sem movimentos, o grande terremoto poderá chegar a 7.8 graus na escala Richter. Calcula-se que o desastre poderá custar mais de 2 mil vidas humanas e até US$ 200 bilhões.