Demônio de Jersey

04/08/2014 12:15

O Diabo de Jersey! criaturas sobrenaturais.

 
A criatura é cercada de mistérios quanto a sua origem, várias lendas tentam explicar. Consta no folclore dos índios nativos que as tribos chamavam a área ao redor de Pine Barrens de "Popuessing", que significa "lugar do dragão". Mas tarde os exploradores suecos chamariam a região de "Drake Kill", "drake" sendo a palavra sueca para dragão, e "kill" significando rio ou canal. No antigo império de Bael Turah, na cidade de Yersi, os demônios estavam bem próximos dos humanos, mas ainda haviam vilas que resistiam, ainda que tentados.  Porem a lenda mais famosa é de que, em 1735, Uma mulher, chamada de Sra Leeds, teve doze filhos, e um profeta afirmou que se ela tivesse o 13º, ele seria um demônio. Um ano depois, a Sra. Leed estava em trabalho de parto no meio de uma noite de tempestade. Pessoas diziam que ela era uma bruxa e seu marido um demônio, mas sua criança nasceu normal. Por alguns minutos. Se transformando na bizarra criatura descrita acima, matou a parteira e voou para fora da casa, atacando a vila, voltando todas as noites. Um grupo de aventureiros expulsou a criatura, mas o profeta previu que ela voltaria em 1000 anos. A data se aproxima, será que o Demônio de Yersi voltará?
 
As pessoas geralmente acreditam que esta criatura seria um demônio, estando envolvida com raptos e desaparições humanas. As testemunhas afirmam que é uma criatura com cabeça de cavalo, erguida em duas patas, com uma altura de aproximadamente 1,80 metros, coberta de pelos, com asas parecidas com um morcego e com patas como cangurus, olhos vermelhos e brilhantes que podem paralisar um ser humano, e emite um grito muito alto parecido com uma mulher. Todas essas características levam a alguns acreditar que seria alguma espécie de mamífero ou ate mesmo ser comparado com um minotauro.
 
Por muitos anos, varias pessoas testemunharam aparições dessa criatura, médicos, advogados, policiais e tantos vários cidadãos.
 
As aparições do Demônio começaram em 1778, quando o Comodoro Stephen Decatur visitou uma fábrica de ferro para balas de canhão. Ele conta que enquanto testavam as balas, uma estranha criatura albina passou voando sobre a fábrica. Usando um dos canhões, Decatur atingiu a criatura na asa, mas ela continuou a voar e desapareceu.
 
Outra aparição seria para Joseph Bonaparte, rei da Espanha, e seu irmão Napoleão, eles estariam caçando quando viram o Diabo de Jersey, em 1.816 e em 1.839.
 
Em 1.840 houve um período de estranhas aparições. Grandes quantidades de carneiros e galinhas foram mortas por criatura não identificada. Muitas pessoas viram as pegadas de criaturas desconhecidas, e ouviram gemidos na vizinhança.
 
Outra das aparições ocorreu em 1.899, em que o senhor George Saarosy viu pela janela a criatura voando.
 
No ano de 1.909, em uma semana de janeiro, todo o estado de Nova Jersey foi aterrorizado por um estranho ser, todos evitavam sair ate mesmo durante o dia. As escolas ficaram fechadas, as fábricas suspenderam o trabalho, porque os empregados não queriam sair de casa. Os cães, galinhas e gatos foram encontrados completamente mutilados. Havia pegadas bizarras em quase toda Nova Jersey.
 
O zoológico de Filadélfia chegou a oferecer $10,000 em prêmio pela captura da criatura.
 
Desde então, a criatura foi vista por várias pessoas em locais diferentes, e dizem que Pine Barrens, conhecido por Leeds Point é a sua atual residência. A criatura ja foi alvo de livros, jornais, episodios de grandes series de TV e filmes.
 
 
Em um episódio de Arquivo X intitulado "O demônio de Jersey",a criatura foi retratada como sendo o mesmo que Pé-grande, mas na verdade uma família de hominídeos selvagens.
 
O demônio de Jersey também apareceu em um episódio de Jake Long - O Dragão Ocidental como um cavalo com cabeça de águia, cauda de leão e olhos vermelhos, que se alimentava de gnomos e elfos e aparecia a cada 300 anos.
 
Um episódio de The Real Adventures of Jonny Quest envolve uma visita a Nova Jersey para investigar o Demônio.
 
A criatura apareceu ainda nas edições 5 a 7 da revista em quadrinhos norte-americana Marvel Knights: 4 (junho a agosto de 2004), publicadas no Brasil pela Panini em Marvel Apresenta 19. Aqui, o Demônio de Jersey é na verdade um grupo de extraterrestres que vêm para a Terra pouco antes do inverno para caçar.
 
As Aparições:
 
As aparições do Diabo de Jersey tem ocorrido para vários tipos de pessoas, tais como para médicos, advogados, policiais e cidadãos respeitáveis.
 
Particularmente, em 1800 um anormal insight ocorreu quando o comandante Stephen Decatur estava operando com um canhão com seus homens. Repentinamente uma abominável criatura ficou voando direto no fogo do canhão, mas nada aconteceu.
 
Joseph Bonaparte, rei da Espanha, e seu irmão Napoleão, estavam caçando, viu o Diabo de Jersey, em 1816 e em 1839.
 
Particularmente, 1840 foi um período de estranhas aparições. Grandes quantidades de carneiros e galinhas foram mortas por criatura não identificada. Muitas pessoas viram as pegadas de criaturas desconhecidas, e ouviram gemidos na vizinhança.
 
Uma das aparições ocorreu em 1899, que o jornal de Filadelfia publicou, envolve o senhor George Saarosy, o qual, através da janela, o viu voando.
 
As aparições em torno do ano de 1909, durante a semana de 16 a 23 de janeiro, todo o estado de Nova Jersey foi aterrorizado por um estranho habitante, que ninguém se atrevia a sair mesmo durante o dia. As escolas ficaram fechadas, as fábricas suspenderam o trabalho, porque os empregados não queriam sair de casa. Os cães, galinhas e gatos foram encontrados completamente mutilados. Havia pegadas bizarras em tôda Nova Jersey, Filadelfia e região de Delaware. Tumultuou a vida da população.
 
Desde então, de quando em quando, a criatura foi vista por várias pessoas em locais diferentes, e dizem que Pine Barrens, conhecido por Leeds Point é a sua atual residência. As pessoas ali residentes respeitam esse fato... ou lenda.
 
Os avistamentos do Demônio de Jersey começaram em 1778, quando o Comodoro Stephen Decatur visitou uma fábrica de ferro para balas de canhão. Ele conta que enquanto testavam as balas, uma estranha criatura albina passou voando sobre a fábrica. Usando um dos canhões, Decatur atingiu a criatura na asa, mas ela continuou a voar e desapareceu.
 
Em 1820, Joseph Bonaparte, irmão de Napoleão, também viu uma criatura voando enquanto caçava em Bordentown, Nova Jersey.
 
Relatos de ataques da criatura começaram em 1840, quando algumas pessoas foram encontradas mortas em Nova Jersey. Em 1841, ataques semelhantes foram relatados.
 
Mas em 1873 e 1887 foi que o Diabo de Jersey fez uma de suas aparições públicas. Para várias pessoas de Bridgeton. Durante o inverno várias testemunhas informaram terem visto uma criatura voando e próxima de uma casa. Logo após o fato ela foi vista numa floresta próxima, mas logo sumiu.
 
No entanto, em Janeiro de 1909 foi quando ocorreram uma visão em massa do Demônio. Na semana de 16 a 23 do mesmo mês, a criatura foi vista várias vezes e comentada nos jornais do país!
 
16 de Janeiro - Uma criatura é vista voando sobre Woodbury
17 de Janeiro - Pessoas encontram pegadas estranhas na neve, após uma noite cheia de barulhos misteriosos em Bristol, Pensilvânia.
 
18 de Janeiro - As mesmas pegadas são vistas em Burlington, mas ao mesmo tempo outras pegadas são encontradas em cidades diferentes.
 
19 de Janeiro - Nelson Evans e sua esposa afirmaram ver o Demônio de Jersey do lado de fora de sua janela, uma madrugada em Gloucester.
 
Descrição feita por Nelson Evans: “A criatura deveria ter quase 1,07 de altura, com uma cabeça parecida com a de um collie (Raça de cachorro) e o rosto como o de um cavalo. Tinha um pescoço muito longo e asas de até 60cm de comprimento, e suas pernas traseiras eram tortas e com cascos de cavalos. Andava sobre as patas traseiras e possuía duas pequenas patas dianteiras, com garras. Não usou muito as patas dianteiras enquanto nós espiávamos. Minha esposa e eu estávamos assustados, eu te digo, mas eu consegui ir até a janela e gritar para que fosse embora. Aquilo se virou, rosnou para mim, e saiu voando.” Mais pegadas foram encontradas no dia seguinte.
 
20 de Janeiro - Um grupo de pessoas dispostas à caçar a criatura se formou em Haddonfield e Collingswood. Supostamente eles viram o Demônio de Jersey voar sobre Moorestown, onde mais duas pessoas disseram tê-la avistado.
 
21 de Janeiro - A criatura “atacou” um bonde em Haddon Heights, mas fugiu. Os bondes da cidade foram reforçados com guardas para evitar novas aparições da criatura. No mesmo dia ela foi vista voando por diversas cidades, e em todas pessoas tentaram atacá-la, mas sem sucesso.
 
22 de Janeiro - Ao último dia dos avistamentos, as cidades estavam em pânico, fechando escolas e o comércio.
 
Após este surto de 1909, o Diabo de Jersey foi visto muitas outras vezes na área, muitas vezes voando por cima das árvores. Sua última aparição foi em 2008, quando um homem viu a criatura no telhado de um celeiro.
 
Céticos acreditam ser apenas uma lenda dos colonizadores, por causa de áreas inalcançáveis para algumas pessoas, como florestas densas. Locais também usados por fugitivos e traidores. Uma forma de evitar que crianças fossem aos bosques. Dizem também que talvez a visão de grandes ursos e outros animais podem ter gerado a criação do Demônio de Jersey.
Fonte : http://fatossobrenaturais2.blogspot.com.br/2012/12/o-diabo-de-jersey-criaturas.html