Dadipark, o parque do terror

03/10/2014 16:46

Parques de diversão sempre foram palco para histórias de terror e pensamentos macabros, afinal, quando as luzes do dia vão embora e as famílias se divertindo também, o que sobra nesses locais são estruturas gigantes, multicoloridas, castelos do terror e túneis misteriosos. Por isso, não é raro ouvir história de lugares desse tipo sendo alvo de assombrações, em especial quando há casos de mortes e acidentes neles.

O exemplo de hoje é um parque em Dadizele, na Bélgica, chamado “Dadipark”, que foi fundado por um por um pastor local, chamado Gaston Deweer, para crianças estrangeiras brincarem. Tendo em mente a acessibilidade e popularização, os parquinho cresceu até se tornar um parque temático, mas manteve sua essência humilde e simples até o fim.

ybv9xexpx_45qd1s7z49_file

SONY DSC

9m7zpf3j6l_4hgs35fyi2_file

683ganrf6w_2r7h8tf05r_file

De 1950 à 2002, nada demais aconteceu ali. Mas em 2000, um garoto perdeu o braço em uma atração aquática do local, chamada “Nautic Jet” (foto abaixo). Depois disso, eventos bizarros começaram a acontecer, seguidos de vários acidentes, e, com a notícia do garoto, o parque foi logo decaindo, até ser decretada sua interdição, em 2012.

2662vmlleb_3pvf6ap726_file

Com o tempo, pichadores e vândalos começaram a frequentar o local, onde sempre são relatados sons estranhos e um clima pesado em geral, que não melhora com a destruição, ferrugem, janelas quebradas, animais selvagens e drogados que frequentam a área. Além do garoto que perdeu o braço, fala-se em mortes que teriam ocorrido no local, mas não há nada registrado na imprensa.

37e1qccrpt_3ji88fjhsd_file

28d59ozgdu_28d4w6al6h_file

9cic2sy1fu_1t2ng9a9ja_file

8y2pyk0l1p_19cva11ylj_file

SONY DSC

O que teria feito um parque tão bem sucedido falir tão rápido? A falta de investimento em segurança ou algo a mais? Como seu dono era um padre, nunca se sabe. Se quiser dar uma olhada no clima do local, existem vídeos, como o abaixo:

Fonte: Fatos desconhecidos