Castelos Assombrados Pelo Mundo (tudo)

15/12/2014 17:10

O castelo assombrado mais famoso da Escócia é provavelmente o Castelo Glamis. Desde 1372 o castelo é a residência da familia Bowes-Lyon, os Condes de Strathmore e Kinghorne.
A Rainha Mãe nasceu lá, era a filha caçula do 14º Conde, a princesa Margaret também nasceu alí (1930).
O castelo tem uma história repulsiva: no século 11, o rei Malcolm III foi assassinado lá… como o rei Duncan em Macbeth, amaldiçoado na peça de Shakespeare, que se passa alí.
No século 16, a viúva do 6º Senhor de Glamis, Lady Janet Douglas, foi queimada viva na estaca como uma feiticeira, porque tentou matar o Rei James V. Ela assombraria a capela do castelo como uma Dama Cinza.
De acordo com a lenda, o Conde Beardie que foi um hóspede do castelo, jogou cartas com Satã num quarto trancado, assombra o castelo, e ainda há um outro segredo terrível escondido.
Algo a ver com uma criatura monstruosa que nasceu em Glamis, e viveu, segundo a lenda, por mais de cem anos… A criatura ainda assombraria o castelo também.
Na verdade, o alegado "monstro" se trata de Thomas Bowes-Lyon, primeiro filho de George Bowes-Lyon e Charlotte Grimstead, trisavós de Lady Elizabeth Bowes-Lyon, a Rainha Mãe. Ele nasceu e morreu em 21 de outubro de 1821.
A parteira, cujo nome é desconhecido, teria contado no vilarejo local que a criança nasceu deformada e foi dada como morta um ou dois dias depois. Thomas não teve sepultura, fato que alimentou os rumores.
Afirma-se que Thomas foi amamentado secretamente e confinado num dos muitos quartos secretos do castelo, onde teria passado toda a sua vida, aparecendo sem ser notado, mas deixando seus rastros. O quarto que ocupou teria sido murado com tijolos depois do seu falecimento.

Castelo Ballindalloch

A primeira parte deste castelo em Banffshire, Escócia, foi construída em 1546, embora muitos acréscimos tenham sido feitosno decorrer dos séculos.
Provavelmente o mais conhecido fantasma deste castelo é a Dama Verde, que assombra a sala de jantar.
O Castelo Ballindalloch também é conhecido por várias aparições de fantasmas femininos, embora não haja registros de quem estas mulheres poderiam ter sido, mas uma suspeita é que tenham sido amantes rejeitadas, que ainda sofrem por seus amados.
Além disso, o fantasma de um certo General James Grant ocasionalmente aparece cavalgando um cavalo branco ao redor do castelo. O general está supostamente enterrado alí perto e há alguma especulação sobre se o seu espírito existe para vigiar o castelo.

Castelo Dunstaffnage

O Castelo Dunstaffnage é um dos mais antigos castelos de pedra da Escócia, foi construído no século 13, a 8 quilômetros ao norte de Oban, na Escócia. Este castelo está em um local remoto da costa e é cercado por água em três dos seus lados.
De acordo com a lenda, apenas um fantasma assombra este castelo, um fantasma chamado a Dama de Dunstaffnage. Quem era, ninguém sabe, mas sua aparição revelaria grandes acontecimentos na vida dos proprietários do castelo.

Castelo Duntrune

Este castelo tem um único fantasma que tem sido chamado de gaiteiro de Duntrune. De acordo com antigos contos, um gaiteiro foi enviado pelo clã MacDonald para espionar o clã Campbell, que então era o proprietário do Castelo Duntrune. O gaiteiro espião foi descoberto e, em seguida, preso dentro de uma torre do castelo.
O clã MacDonald decidiu atacar o castelo, mas o gaiteiro percebeu que os MacDonald's estavam em menor número.
Ele então tentou alertar os MacDonalds tocando uma canção de retirada na gaita de foles. Os MacDonalds ouviram o sinal e se retiraram.
O destino do gaiteiro não foi tão feliz. Os Campbells também ouviram a música, e cortaram as suas mãos (ou dedos, de acordo com algumas versões do conto).
Se diz que o gaiteiro assombra a torre, com a música de sua gaita de foles, que as vezes é ouvida lá. Além disso, atividades demôniacas tem sido relatadas em algumas partes do castelo.
Curiosamente, durante uma reforma do Castelo Duntrune uma mão de esqueleto foi descoberta. A pobre alma foi então enterrada e descansa nas proximidades.

Castelo Muchalls

Outro fantasma também chamado de Dama Verde assombra o Castelo Muchalls em Aberdeenshire, na Escócia.
Aparentemente, existe um túnel por baixo do castelo e este túnel se estende até a proximidade do mar.
Diz a lenda que a muitos anos atrás, uma moça se aventurou na entrada do túnel para encontrar o seu amante, pela água, mas ela se afogou, quando a maré cheia entrou no túnel. Ela assombra, e às vezes até aparece, em uma das salas do castelo.

Castelo Braemar

Em 1689, John Grahame de Claverhouse tentou restabelecer a monarquia Stuart contra a do holandês Rei William.
O golpe não foi bem sucedido e resultou na ocupação do Castelo Braemar pelas tropas governamentais.
Mas John Farquharson de Inverey, também conhecido como o Coronel Negro, conseguiu escapar, voltou para o castelo, atacou a guarnição e incendiou o edifício.
Mas, os velhos heróis nunca morrem... E o Coronel Negro com certeza se tornou uma verdadeira lenda viva, uma vez que foi relatado na década de 1970, que assistia tv com o proprietário do castelo.
O Castelo Braemar também seria assombrado por uma linda moça de longos cabelos loiros, uma jovem noiva que cometeu suicídio quando seu marido a abandonou. 
Castelo Borthwick

O quarto vermelho do Castelo Borthwick assustou tantos visitantes, que na década de 1980 um sacerdote de Edimburgo foi chamado pelos proprietários para exorcizar os espíritos remanescentes, entre muitos outros, Mary Stuart.
A famosa Rainha dos Escoceses era frequentemente vista descendo as escadas em espiral do castelo onde procurou Mary Stuart.

Também foi vista atravessando as paredes do quarto vermelho onde havia dormido. Mary estava disfarçada como um menino... Ou usava o corte de cabelo de uma mulher que estava prestes a ser decapitada.
Uma jovem criada retornava frequentemente ao quarto vermelho onde foi morta à espada. A menina carregava um filho ilegítimo dos Borthwick e foi morta, juntamente com seu bebê, por causa da ameaça potencial a herança.
Era assombrado também por um conselheiro dos Borthwick que utilizou o quarto vermelho como cofre. Quando os Borthwicks descobriram que ele roubou o seu dinheiro, eles o queimaram até a morte. 
Os Fantasmas de Culloden

16 de abril de 1746 ... A Batalha de Culloden é o último confronto entre os Jacobitas - a maioria deles Highlanders escoceses - e os britânicos. Os Jacobitas apoiaram a aclamação do "Belo Principe Charlie" para o trono.
O chamado "Jovem Pretendente" foi derrotado, deixou a Bretanha e foi para Roma. As consequencias da batalha foram muito brutais e as penalidades civis também foram graves: o sistema de clãs dos Highlanders foi atacado por novas leis e as roupas Highlanders foram proibidas.
Ainda são muitos os fantasmas em Culloden Moor: No aniversário da batalha em 16 de abril, os fantasmas retornam e são ouvidos gritos ou o choque de aço contra aço. O Belo Principe Charlie ainda lamenta sua derrota nas proximidades de Culloden Houss. 

Culloden House

Não cresce qualquer arbusto sobre os túmulos dos Jacobitas e não existem pássaros cantando no campo de batalha, uma vez que, na véspera da batalha, um enorme pássaro preto foi visto e ouvido pelo Comandante Jacobita Lord George Murray.
Dizem que as pedras de Culloden Moor trazem má sorte, e que aparece o fantasma de um Highlander com uma face cansada, que sussurra quietamente: "Derrotado."
Castelo Cortachy

O Conde de Ogilvy colocou um jovem tamborileiro em seu próprio tambor e jogou-o da mais alta torre do Castelo Cortachy, porque o rapaz poderia estar tendo um romance com sua esposa, a Condessa de Airlie.
Pouco antes de morrer, o musico lançou uma maldição sobre o clã Ogilvy: a partir daquele momento, misteriosos e assombrosos sons de um tambor seriam ouvidos, antes de uma morte na família.
Natal, 1844 ... Srta Dalrymple é uma hóspede no Castelo Cortachy. Enquanto se vestia para o jantar, ela ouve o tambor. Seis meses mais tarde, Lady Airlie comete suicídio.
Cinco anos depois, um cavalheiro inglês ouve o tambor também. Lorde Ogilvy não está em casa, porque ele teve de ver o 9º conde de Airlie, que havia ficado muito doente ... O conde morre no dia seguinte ...
 
Castelo Culzean

Em uma noite de tempestade uma fantasmagórica gaita de foles pode ser ouvida perto do Castelo Culzean. O Fantasma gaiteiro gosta de misturar a sua musica assombrada com o vento e as ondas que se quebram sobre as falésias. Alguns dizem que é o espírito de um gaiteiro que desapareceu enquanto estava explorando as cavernas abaixo do castelo.
 

Castelo Hermitage

Lord Bad Soulis foi um praticante de magia negra. Juntamente com seu assistente Robin Redcap, ele foi o responsável pelo desaparecimento de muitas crianças.
De acordo com Robin Redcap, Lord Bad Soulis não poderia ser ferido por aço forjado ou pendurado por uma corda.
No entanto, quando os camponeses se revoltaram contra ele, o levaram até um um círculo de pedra numa colina próxima, o revestiram com chumbo e o ferveram num caldeirão.
Robin Redcap ainda guarda os tesouros de Lord Bad Soulis em algum lugar em torno do Castelo Hermitage, onde o choro de suas vítimas ainda pode ser ouvido. Os visitantes também se queixam de serem empurrados por forças invisíveis, quando estão perto de um lago da capela ...
 

Castelo Huntingtower

O Castelo Huntingtower, perto de Perth, era propriedade dos condes de Gowrie. Em 1582, o conde se envolveu em uma conspiração para sequestrar o Rei James VI e foi executado.
O castelo foi perdido para a coroa, juntamente com o fantasma da Dama Verde Dorothea Ruthven.
Ela era também conhecida como Mylady Greensleeves, devido à bem conhecida e secular canção de amor Greensleeves, que termina com esta linha: "Vem, mais uma vez, e me ame ..." - Se estiver doente, o fantasma de Mylady Greensleeves vai curar você. E se estiver ferido de amor, ela vai lhe dar conforto.

Os castelos mais assombrados do mundo

Histórias de terror sobre castelos povoados por fantasmas apavoram as crianças. Mas a vida real pode ser até mais assustadora. Confira aqui uma lista de misteriosos endereços que provocam arrepios em qualquer mortal...

Edinburgh Castle (Escócia, séc. XII)


Sem dúvida, é  um dos lugares mais assustadores do mundo. Não é a toa que a revista Time o colocou entre os 10 lugares mais assombrados do planeta. Diz a lenda que um andarilho sem cabeça pode ser visto nos saguões do castelo desde 1650. Lady Glamis, acusada de bruxaria em 1537 e queimada viva na frente de seu pequeno filho, também habita seus quartos escuros. O Edinburgh Castle é hoje local de investigações paranormais.

Edinburgh Castle

 

Chillinghan Castlle (Inglaterra, séc. XII)


Ao norte da Inglaterra, o Chillinghan serviu como fortaleza para os ingleses se defenderem dos escoceses, tornando-se palco de um grande derramamento de sangue. O fantasma mais famoso do lugar é o de uma criança, conhecida como o Garoto Azul, geralmente acompanhado de sons de choro.

Chillinghan Castle

 

Houska Castle (República Tcheca, séc. XIII)


Localizado em Praga, o Houska Castle não foi construído para ser uma fortaleza ou algo assim. O objetivo do lugar era a realização de experimentos bizarros e de ocultismo. Por volta de 1930, o castelo foi tomado por nazistas. Anos depois, foram encontrados ali esqueletos de soldados que indicavam execução. Entre seus fantasmas famosos estão o bulldog/sapo/humano gigante, o cavalo sem cabeça e uma mulher com um vestido antigo.

Houska Castle

Belcourt Castle (EUA, 1894)


Único castelo desta lista fora da Europa, o valor investido no Belcourt Castle em 1894 seria o equivalente a 100 milhões de dólares. Ele foi mobiliado com artefatos de castelos do mundo todo. Em 1956 foi vendido por 200 milhões de dólares. O curioso é que os mitos de fantasmas giram em torno de seus objetos de decoração e não do local em si. Um exemplo é uma armadura do século XV que, segundo a lenda, solta um grito em todo mês de março, época em que o antigo dono morreu com uma lança atravessada em seu olho.

Belcourt Castle

Brissac Castle (França, séc. XI)


O castelo francês, além de gigante (possui aproximadamente 200 quartos), é rico em histórias bizarras. Sua mais famosa lenda se refere ao casal Jacques e Charlotte. Dizem que Charlotte gostava de torturar seu marido emitindo diversos ruídos enquanto fazia sexo com pessoas estranhas. A brincadeira terminou quando ela desapareceu com um amante, mas logo depois Jacques se viu obrigado a vender o castelo, pois os gemidos ainda podiam ser ouvidos, cada vez mais altos. Dizem que ainda hoje é possível ouvi-los pela manhã.

Brissac Castle

Eltz Castle (Alemanha, 1157)


Localizado no meio de uma floresta, o Eltz Castle possui um dos mais ricos interiores dos castelos da Alemanha. Outra grandiosidade é o numero de assombrações que dizem residir na propriedade. Contam que os fantasmas dos soldados que passaram por lá ainda patrulham o local. O Eltz é cuidado pela mesma família há 33 gerações.

Eltz Castle

Castle of Bardi (Itália, 900)


As memórias do Castle of Bardi provam que uma lenda sobre fantasmas também pode ser uma história de amor. Semelhante ao caso amoroso de Romeu e Julieta, a assombração que ronda o castelo nasceu do romance entre Soleste e Moroello. Filha do dono do castelo, Soleste era apaixonada por Moroello, o capitão dos cavaleiros. Quando o rapaz saia para longas batalhas, ela ficava no topo do castelo, esperando seu amor voltar. Certa vez, quando avistou cavaleiros e soldados nas proximidades, notou que eles usavam as cores dos inimigos, e logo pensou que seu amor havia perdido a luta e morrido. Porém, eles usavam as roupas inimigas apenas para se vangloriar. Quando Moroello entrou no castelo, encontrou Soleste morta, caída no chão, e imediatamente se matou. Dizem que, a partir desse dia, o espírito dele assombra a região do castelo, procurando seu amor perdido.

Castle of Bardi

Dragsholme Castle (Dinamarca, 1215)
Considerado por muitos como o castelo mais assombrado do mundo, devido a notória lista de fantasmas relatados por visitantes, o Dragsholme Castle também chama a atenção para uma história de amor. A filha do dono do castelo, membro da nobreza, se apaixonou por um trabalhador do local. Condenando o relacionamento, o pai trancou a menina nas muralhas do castelo e ela nunca mais foi vista. Já no século XX, durante os trabalhos de conservação e rotina do lugar, foi achado em uma das muralhas o esqueleto de uma menina, vestida de branco. O visual era o mesmo de um dos fantasmas vistos com frequência por ali..

Dragsholme Castle


Moosham Castle (Áustria, 1208)


O estranho castelo austríaco tem um passado sinistro. O Moosham Castle foi palco de centenas de decapitações de bruxas, dizem que muitas delas ainda rondam o local. Como se não bastasse, por volta de 1800 o castelo ficou conhecido por ser um abrigo de lobisomens. Depois de encontrarem gados e veados mortos nas redondezas, vários cidadãos de Moosham foram condenados e presos por serem, supostamente, lobisomens.

Moosham Castle

Warwick Castle (Inglaterra, 1068)


Construído no século XI, Warwick talvez seja o castelo que mais viu batalhas, em toda Europa. As paredes desgastadas e desbotadas refletem a vida árdua e difícil dos que ali estiveram, que hoje dizem rondar como espíritos. No local existe ainda uma torre fantasma, que é assombrada pelo Sir Fulke Greville, assassinado em 1968 por seu empregado. Segundo a lenda, ele se materializa a partir de seu retrato durante as noites frias. Existem relatos dizendo que vários visitantes passam mal quando entram em Warwick.
Fonte: malacarimbada, Trifter e arquivos insólitos