Caso Avistamentos da Base da Força Aérea de Albuquerque

14/10/2015 14:14

 
 
Em Novo México, agosto de 1980, na Base da Força Aérea de Albuquerque 10 minutos antes da meia noite do dia 8, três policiais estavam em serviço na área de deposito de armas, a leste da Base da Força Aérea de Kirtland .
 A área do deposito de armas consistia em uma serie de tuneis escavados em 3 montanhas, e nesses tuneis os militares armazenavam armas nucleares . Nessa mesma noite três guardas na base viram uma luz bem brilhante 5 quilômetros a Nordeste de sua posição . 
 
 
 Os guardas notaram uma luz viajando bem rapido, antes de parar sobre o Coyote Canyon . Coyote Canyon é uma área restrita, então os três policiais ficaram muito nervosos quando viram o objeto iluminado, e correram em direção a ele para investigar . 
 Cinco quilômetros a Leste da quela posição havia outro policial militar , ele estava patrulhando e pediram para ele verificar a área de deposito de armas .
 Esse policial foi de carro por uma estrada de acesso ao Coyote Canyon, e quando chegou lá viu uma luz bem forte no céu, e em cima disso um objeto em forma de disco . Ele começou a entrar em panico, tentou pedir ajuda pelo radio, mas no momento não estava funcionando . O policial então pegou seu rifle, saiu do jipe e decidiu ir atrás do objeto atirando sobre ele . Durante os tiros ele pode ouvir o som do metal, indicando que acertou o tiro sobre o objeto, que em seguida decola e desaparece .
 
 
 O patrulheiro que disparou no UFO reportou o incidente para a base de segurança Sandia no dia 9 de agosto . Mas a base de Sandia só foi reporta-lo dia 11 de agosto . Eles deveriam ter reportado para o Departamento de Investigações Especiais da Força Aérea (A.F.O.S.I) . Já que o protocolo estabelece que qualquer coisa desse tipo deve ser informada imediatamente, mas não foi o que aconteceu !
 As coisas ainda ficam mais interessantes, já que por alguma razão o "A.F.O.S.I" em Kirtland informou Sandia que a força aérea não investigava mais esse tipo de fenômenos, a menos que ele aconteça especificativamente em uma base . 
 
 
 Isso não fazia o menor sentido, ja que o incidente ocorreu nos arredores de uma base da força aérea, próximo as armas nucleares . Porque eles não estariam interessados nesse evento ... ?!
 A principal diretiva do A.F.O.S.I é prestar serviço de investigação para proteger a segurança nacional dos Estados Unidos . Então dizer que um UFO que pousa perto de um deposito de armas nucleares esta fora da jurisdição deles é loucura . 
 Na noite de 11 de agosto o UFO voltou exatamente para o mesmo local . A esse altura da situação, a força aérea não poderia mais negar que estavam sendo visitados . 
 Em 22 de agosto o Major da base da força aérea de Kirtland interrogou cada policial envolvido nesses eventos . Nisso o Major informou um oficial da inteligencia sobre os constantes relatos de UFOs próximos ao deposito de armas . E um tempo depois o caso foi encerrado e enterrado . 
 Esse é um caso importante porque você tem varias testemunhas de múltiplos eventos durante vários dias . Todos alegavam ter visto o mesmo objeto próximo ao Coyote Canyon, que aparentemente foi acobertado, já que nada foi feito a respeito .