Caso Apache

14/09/2015 20:06
 
Em agosto de 1980 na reserva Apache, MN, Alan Tafoya testemunha um ovni sobre sua reserva pela primeira vez . 
 Ele tinha 16 anos e estava voltando com seu primo para sua casa na reserva após ter visitado um amigo na região norte . Eles voltavam de bicicleta entre as montanhas . Mas durante o caminho Tafoya nota uma luz laranja que fazia zig-zag no céu se movendo diferente de qualquer avião ou helicóptero . 
 
 
 Tafoya monstra a luz a seu primo, mas seu primo já havia avistado algo totalmente inacreditavel bem mais próximos deles . Alan olhava na direção leste, onde havia uma luz de cor laranja que ia de um lado para o outro . Já seu primo estava olhando para o oeste, onde havia um UFO imenso em forma de charuto . E diante desse incrível objeto ambos param as bicicletas e ficam observando durante alguns minutos . 
  Segundo Tafoya o UFO era imenso tinha o tamanho de um campo de futebol, e sua forma era semelhante a um charuto .
 Após ficarem surpresos com o ovni eles correm para a casa do pai de Taloya, que era um importante chefe de policia da reserva Apache,  para contar sobre o ocorrido . Eles chegaram bem rápido já que a intenção deles era mostrar o objeto antes que desaparecesse . Já que é algo difícil de acreditar  .
 O pai de Taloya abre a porta , e vê a ansiedade dos garotos . Eles apontam para a direção oeste da cidade . Ao avistar o UFO o experiente chefe de policia fica igualmente agitado com o assustador fenômeno que estavam presenciando e avisa por radio a patrulha, reportando sobre um objeto voador não identificado voando sobre a residencia da família Tafoya . 
 Após passar o relatório da aparição para a patrulha policial, o pai de Tafoya pegou seus binóculos para observar melhor o objeto . Seu filho e o primo dele estavam atordoados com a aparição sem saber o que fazer . 
 
 
 Usando binóculos eles puderam ver mais detalhadamente o objeto . Ele parecia estar girando , e tinha algumas luzes a sua volta , com vidros no topo . Como se já não fosse uma incrível aparição , eles também notam através desses vidros seres humanoides . E isso torna o momento ainda mais impactante , já que nunca viram nada do tipo . 
 
 
 Alan Tafoya descreveu o momento do avistamento como uma situação assustadora e indescritível .... O fato de estarem sendo visitados por seres de outra dimensão é algo inimaginavel  . 
 Diferente de muitos lugares todos na reserva lidam com esses avistamentos abertamente, para que possa ser investigado , e dar a devida atenção aos fenômenos que acontecem com a Terra .