Borley Rectory – O local mais assombrado da Inglaterra

28/10/2014 18:19
 
Foi construída em 1863 no local de uma antiga propriedade do século XVII, mas destruída em um incêndio em 1939. Mesmo assim afirmam que continua a ser um lugar de arrepiar e de atividades sobrenaturais.
Os primeiros relatos de poltergeist já se iniciaram no próprio ano de 1863 onde foram encontradas varia pegadas misteriosas em volta da casa.
Em 1900, as filhas do reverendo viram, ao cair da noite, uma freira que, ao se aproximar, desapareceu como um fantasma.
Durante muitos anos fora testemunhados várias coisas entranhas e assustadores. Mas, em 1927, quando o Reverendo Guy Eric Smith, a esposa e sua filha mudaram para o local, foi presenciada varias atividades assustadoras. A família descreveu que ouviam toques de sinos, sons de vidros quebrados, luzes nas janelas e a própria Sra. Smith viu uma carroça sendo puxada por cavalos durante a noite.
Apavorados e sem solução para o problema, comunicaram ao jornal da cidade que providenciou a vinda do paranormal Henry Price para investigar os acontecimentos. Neste momento o local começou a ficar famoso.
Na chegada do paranormal, novamente houve manifestações fantasmagóricas: Pedras rolavam, vasos eram atirados alem de outros objetos, e barulhos que pareciam serem mensagens.
Logo em seguida, os Smiths abandonaram o local e, em 1930, foi aprovada a transferência do reverendo Lionel Foyster com sua esposa e filha, Adelaide. O novo reverendo documentou mais de 2000 acontecimentos estranhos: Pedras, garrafas e vários objetos sendo atirados, sua esposa afirmou ter sido atirada em sua cama por um poltergeister assassino. Certa vez o revendo tentando exorcizar o local, porém foi atingido por uma grande pedra em
seu ombro.
Mais uma vez a reitoria ficou sem moradores e, cinco anos depois, o paranormal Henry Price, que até então vinha acompanhando os acontecimentos, conseguiu alugar o local por um ano para uma nova investigação. Convocou 48 alunos, entre eles estava Glanville Helem para documentar qualquer atividade paranormal.
Até que, em 1938, Glanville Helen afirmou ter feito contato com dois espíritos. O primeiro era o fantasma de uma jovem freira e ela dizia ter sido assassinada no local, ela abandonou sua ordem e veio se casar na Inglaterra, também afirmou que seu noivo era dono da antiga propriedade onde foi construída a nova reitoria e estava destinada a vagar ate encontrar um cemitério santo. Price logo acreditou e ligou aos relatos de acontecimento que vinha acontecendo durante todos estes anos.
O segundo espírito afirmou ser responsável pela maior parte das atividades de poltergeist e afirmou que a casa seria consumida por um incêndio e iriam aparecer ossos de uma pessoa assassinada, não demorou muito e em 1939, quando o novo proprietário desembalara algumas caixas, derrubou o lampião e o fogo se propagou muito rápido, consumindo quase toda a construção. Novamente Price veio ao local e efetuando algumas escavações encontro alguns ossos de uma mulher jovem.
Carta encontrada na propriedadeUm dos cômodos da propriedade
Fonte : http://www.sobrenatural.org/noticia/detalhar/7497/borley_rectory_%E2%80%93_o_local_mais_assombrado_da_inglaterra/