Astronautas da NASA escutaram um estranho e misterioso som no lado oculto da Lua

28/02/2016 22:36

 

 

Os astronautas que fizeram parte da missão Apollo 10 (uma missão antes daquela que colocou os primeiros homens na Lua) relataram ter ouvido sons estranhos e misteriosos, ou "um tipo de música espacial" enquanto sobrevoavam o lado oculto da Lua, em maio de 1969.
 
O caso do estranho ruído ou assovio inexplicável é revelado em um episódio da série "Arquivos Inexplicáveis da NASA", do canal Science Channel. O episódio se concentra em um evento estranho que ocorreu com os membros da tripulação da missão Apollo 10, que entrou em órbita lunar a 1.524 km da superfície da Lua, que seria um tipo de preparação para a histórica missão Apollo 11, dois meses depois.
 
Atenção: os vídeos estão em inglês, mas as legendas podem ser ativadas ao clicar na engrenagem, depois em legendas, e em traduzir automaticamente (escolhendo o idioma desejado).
 
 
 
Os astronautas da missão Apollo 10, Tom Stafford, John Young e Eugene Cernan, podem ser ouvidos nas gravações de voo enquanto comentam sobre o estranho som e questionam se a NASA deveria ser informada sobre o ocorrido. "Parece que é um tipo de música do espaço exterior", diz um dos astronautas. "Vamos falar sobre isso?" Pergunta um deles. "Eu não sei", responde o outro. "Devemos pensar sobre isso."
 
Não há nenhum registro dos astronautas discutindo o ruído com a NASA ou com o público. Não está claro se os astronautas escutaram o ruído em outras missões do lado distante da Lua, ou se outros astronautas em missões posteriores ouviram o estranho som. John Young foi novamente para Lua e andou sobre sua superfície na missão Apollo 16, quando foi o comandante. Eugene Cernan comandou a missão Apollo 17 e foi o último homem a pisar na Lua. Tom Stafford também foi para o espaço novamente, mas nunca voltou para a Lua.
 
As gravações de maio de 1969 foram registradas enquanto os astronautas estavam no lado mais distante da Lua, fora de comunicação com a Terra, ou seja, não há chance alguma do som ter sido algum tipo de interferência originada por rádios ou satélites terrestres.
 
O som misterioso que assustou a tripulação durou quase todo o período em que os astronautas ficaram sem contato com a Terra. Mais tarde, as gravações foram enviadas de volta para o Centro de Controle da Missão, onde foram transcritas, arquivadas e classificadas como secretas, por protocolo.
 
A conversa e os estranhos sons foram finalmente revelados em 2008. Alguns técnicos especulam que o estranho som pode ter se originado a partir de interferência de rádios VHF no módulo de comando e no módulo lunar, conforme eles interagiam entre si, segundo o pesquisador Andrew Chaikin. Mas claro, nem todos acreditam e seguem a mesma linha de raciocínio.
 
"A tripulação da missão Apollo 10 estava completamente ciente do tipo de barulho que eles deveriam ouvir," disse o Piloto do Módulo de Comando da missão Apollo 15, Al Worden, em um trecho do episódio. "A lógica me diz que se havia algo gravado, então havia alguma coisa por lá."