Inexplicável : As pirâmides da Crimeia, possivelmente construídas na era dos dinossauros !

28/10/2016 11:17
 
.
 
 
 
Parece que investigadores ucranianos acabaram encontrando uma das descobertas mais importantes dos últimos anos. Eles descobriram acidentalmente um conjunto de construções megalíticas e piramidais na península da Crimeia, o lugar é conhecido como tesouro arqueológico e histórico de diferentes culturas antigas, civilizações que vão desde os gregos e romanos, para os genoveses e turcos otomanos. A Crimeia é uma república autônoma da Ucrânia, que está localizada na costa norte do Mar Negro.
 
O conjunto de formações foi descoberto pela primeira vez em 1999 por Vitalij Gokh que trabalhou para os militares soviéticos durante mais de trinta anos. 
 
Documentario onde você vai poder ativar a legenda em português, e saber mais sobre as idéias de Vitalij Gokh
 
Depois de sua longa carreira no exército soviético, Gokh decidiu tornar-se um pesquisador, o que lhe conduziu à descoberta das Pirâmides. Gokh afirmou que, assim como houve cidades submersas nessa região, havia tambem pirâmides enterradas e outras estruturas megalíticas na península da Crimeia.
 
Gokh era um ex-engenheiro, portanto, ele tinha muito conhecimento de instrumentos em ressonância magnética. Gokh inclusive construiu um dispositivo para procurar depósitos subterrâneos de água, isso porque a área de Sevastopol teve um abastecimento de água muito "pobre".
 
Segundo o site de Gokh, os dispositivos inventados por Vitaly A. Gokh permitiram a detecção de elementos da tabela periódica de Mendeleev; depósitos de petróleo e gás, mecanismos e dispositivos de vários tipos, materiais tanto no planeta Terra como em áreas do espaço remoto.
 
 
Graças a estes instrumentos, Gokh foi capaz de descobrir vários blocos de pedra calcária que tinham dimensões regulares, (2,5 por 1,5 metros) chegando a conclusão que estes eram de origem artificial. Curiosamente, o instrumento inventado por Gokh também revelou que a partir da parte superior de uma das estruturas, três feixes de energia estavam sendo emanados em uma frequências de 900 × 109 Hz, 700 × 109 Hz e 500 Hz × 109. Ao redor da pirâmide, foi encontrado uma área de 10 × 109 Hz. 
 
Gokh e sua equipe descobriram que as camadas das estruturas revelam que a "pirâmide subterrânea" estava inicialmente na superfície "ao ar livre" mas devido à inundação, toda a área afundou em conjunto com as estruturas.
 
De acordo com ICTV e a agência de Notícias da Crimeia; o cientista ucraniana Vitalij Gokh descobriu uma "estrutura" subterrânea desconhecida, que provou ser uma pirâmide gigante com cerca 45 metros de altura, e 75 metros de comprimento. Gokh tambem disse que a pirâmide foi construída durante o tempo dos dinossauros.
 
A "pirâmide da Crimeia" tem um topo truncado, assim como uma pirâmide maia, mas sua aparência geral é mais semelhante com as encontradas no Egito. Ela é oca por dentro, e tem  uma criatura "mumificada" desconhecida enterrada sob a fundação.
 
 
Um dos túneis subterrâneos nas proximidades de uma das pirâmides.
 
É importante mencionar que, até hoje as informações sobre a veracidade e existência das pirâmides não foram 100% comprovadas nem aceitas por alguns arqueólogos.
 
Em uma entrevista com ICTV, o pesquisador Vitaliy Gokh afirmou que ele não sabe quem construiu as estruturas megalíticas na península da Crimeia, mas as pirâmides podem vir a ser as estruturas mais antigas do planeta até o momento.
 
Até agora, cerca de 7 pirâmides foram registradas formando uma linha reta, que viaja de Sarych para Baia Kamyshovaia, e uma desses "pirâmides" estária localizada debaixo d'água, nas proximidades da cidade de Foros.  No total, Gokh acredita que existam cerca de 39 estruturas piramidais e construções de pedra em toda a península da Criméia.
 
Infelizmente no caso de gokh parece que ninguem ainda esta disposto a investir dinheiro para fazer uma basica avaliação no caso das "piramides subterrâneas da Crimeia". E enquanto isso não acontecer a descoberta não sera declarada oficial.