As 8 criaturas que poderiam ser de origem extraterrestre !!

21/07/2016 12:47

 

 

 

Muitas criaturas estranhas vêem sendo registradas desde muito tempo, algumas delas foram intituladas de :  Demônio de Dover, Monstro de Van Meter, Monstro de Flatwoods dentre outros. Todos elas com registros reais de múltiplos avistamentos durante um certo período de tempo .. Seriam todos esses registros de extraterrestres ? 

 

 Demônio de Dover

 

Uma criatura desproporcionalmente grande, com a cabeça em forma de melancia, olhos brilhantes cor de laranja, braços e pernas finas, dedos finos, calva, com a pele áspera, de um tom bronzeado, com a textura de uma lixa. Esse é o Demônio de Dover. Nele, faltavam características faciais como nariz, ouvidos ou boca. Dizem que ele media 91 centímetros, e fazia um barulho descomunal que soava como um grito de falcão combinado com um assobio de cobra. Esta criatura foi avistada em três ocasiões diferentes na cidade de Dover, Massachusetts, EUA, em 21 e 22 de abril de 1977. Devido a sua aparência, há especulações de que ele seja um alienígena, ou o resultado de algum tipo de experiência, ou seja, um híbrido humano ou um híbrido alienígena, enquanto outros sugerem que ele veio de outra dimensão.

 

O Demônio de Jersey

 

Segundo a lenda, essa criatura habitou o sul de Pine Barrens, em Nova Jersey, EUA, desde o início de 1800 até o século 20. É geralmente descrita como um bípede voador. Tem asas de morcego e uma cabeça parecida com um cavalo, além de cascos. A lenda da criatura deriva de um conto sobre “Mãe Leeds”, uma bruxa local, que teria invocado o demônio ao dar à luz a seu 13º filho. Quando o bebê nasceu, imediatamente se transformou na criatura demoníaca e voou para os arredores. O Demônio de Jersey foi responsabilizado por mortes de gado, e muitas trilhas estranhas e sons bizarros. No início de 1900, dezenas de pessoas em Nova Jersey e estados vizinhos alegaram ter presenciado o Demônio de Jersey, ou ter encontrado evidências suas em trilhas estranhas.

 

Monstro de Flatwoods

 

O monstro pode ser na verdade uma forma de extraterrestre. A criatura foi flagrada nas proximidades de um OVNI de grandes dimensões que pairava acima ou descansava no chão da cidade de Flatwoods, no condado de Braxton, em West Virginia, EUA, em 12 de setembro de 1952. Segundo os relatos, a criatura era enorme; tinha pelo menos 3 metros de altura. Seu rosto lançava um brilho avermelhado, e seu corpo era verde. Sua cabeça tinha a forma de um coração, ou um Ás de Espadas, e os olhos não eram humanos. A criatura estava vestindo uma espécie de roupa escura, semelhante a uma saia. O monstro não carregava armas visíveis, mas seus braços avantajados terminavam em longos dedos com garra.

 

Homem-coruja

 

Os primeiros relatos dessa criatura aconteceram em Mawnan, Cornwall, exatamente em 17 de abril de 1976, onde a criatura foi vista pairando sobre a torre da igreja Mawnan. Outros avistamentos bastante estranhos continuaram ocorrendo até agosto de 1978, todos nos arredores da igreja. Essas visões cessaram em 1995. Considerando seu nome, as pessoas dizem que a criatura parece uma coruja, é do tamanho de um homem, tem orelhas pontudas, olhos vermelhos e garras pretas na forma de pinças. Seu corpo tem algumas semelhanças com outra criatura famosa, o Mothman (Homem Mariposa, Homem Borboleta), na medida em que é descrito como tendo asas grandes e uma cor acinzentada. Curiosamente, há muitos relatos de OVNIs, assim como animais se comportando estranhamente, pouco antes de avistamentos das duas criaturas.

 

Homem-lagarto

 

Assim como a criatura acima, o nome já diz tudo. O monstro meio homem, meio lagarto, habita as áreas de pantanal em torno de Lee County, South Carolina, EUA. As aparições começaram em 29 de junho de 1988, sendo que a observação mais recente foi em fevereiro de 2008. A criatura é descrita como tendo 2,18 metros de altura, bípede, pele escamosa verde e olhos vermelhos brilhantes. Relatos indicam que ele tem três dedos em cada pé e três dedos em cada mão. No final dos dedos, há uma almofada circular que, aparentemente, permite que a criatura grude na parede. Como evidenciado pelos danos causados a veículos daqueles infelizes o suficiente para encontrá-lo, a criatura também possui uma força incrível, claramente capaz de despedaçar um carro.

 

Caso Varginha

 

O Caso Varginha, incidente ufológico apontado como o mais notável do gênero em todos os tempos no Brasil, completa 15 anos em janeiro. Localizada no sul de Minas Gerais, Varginha entrou para o mapa-múndi da ufologia após três garotas relatarem ter ficado frente a frente com um ser extraterrestre. O fascínio da história, além desse contato imediato de terceiro grau, estava ligado a um fato defendido pela comunidade ufológica, que patrocinou uma romaria à cidade mineira. Segundo ela, o Exército brasileiro, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros teriam capturado em 20 de janeiro de 1996 duas criaturas de outro planeta e as conduzido para análises em hospitais e necrópsia em Campinas (SP). Estas instituições, de acordo com os ufólogos, sonegavam, desde então, a divulgação desses fatos.

 

 O Monstro de Van Meter

 

Por várias noites do ano de 1903, o pequeno povoado de Van Meter, localizado em Iowa, EUA, foi aterrorizado por uma grande criatura parecida com um morcego proveniente de uma mina abandonada e cuja identidade desse misterioso monstro nunca foi descoberta.
 
 

 Chupacabras 

 
O polêmico fenômeno Chupacabras vem repercutindo novamente na mídia. Predador fugidio e misterioso e de morfologia incomum, agente de ataques insólitos a animais de criação, caracteriza-se pelo silêncio absurdo de seus violentos ataques, pela intrigante capacidade e habilidade seletivas, e pelas marcas de perfurações precisas e cirúrgicas, sem mastigação, encontradas nos animais vitimados, donde é-lhes extraído sangue ou órgãos internos. Para situar o leitor na fenomenologia a seguir, tentarei reproduzir os eventos ocorridos em regiões do Brasil, nos anos de 1997 a 2000.