5 inexplicáveis estruturas megalíticas dos tempos antigos

08/06/2016 17:35

As antigas civilizações eram impressionantes, e honestamente falando, quase todas as culturas antigas têm sido mal creditadas pela "história mainstream" por suas realizações arquitetônicas a milhares de anos atrás.

 
 
 
 
Enquanto muitos pesquisadores consideram que as civilizações que viveram na Terra milhares de anos atrás não eram sofisticadas o suficiente, a verdade é, que eles tinham um conhecimento incrível, o que lhes permitiu criar alguns dos locais mais fascinantes do nosso planeta. Como eles fizeram isso permanece um mistério profundo que os pesquisadores não conseguem explicar até os dias atuais.
 
Na Ásia, África, Europa e nas Américas, quase todos as culturas antigas tinham a capacidade de trabalhar com rochas gigantescas, transportá-las através de grandes distâncias e precisamente esculpi-las e encaixá-las no lugar exato, como engenheiros modernos não conseguem.
 
Neste artigo, vamos dar uma olhada em cinco das maiores pedras já trabalhadas e cortadas em tempos antigos.
 

Colossos de Memnon

 
 
O majestoso "Colossos de Memnon" são talvez as menos conhecidas maravilhas antigas da engenharia do Antigo Egito. As duas estátuas gigantes foram construídas a partir de uma única peça de pedra cada uma. Elas foram colocadas e orientadas para o nascer do sol durante o solstício de inverno.
 
Segundo os pesquisadores, as pedras usadas na construção foram extraídas de El-Gabal, e transportadas por 430 milhas sobre a terra, uma vez que as pedras eram muito pesadas para serem transportados pelo rio Nilo .
 
As estátuas foram construídas em honra do faraó Amenhotep III e por um período de 3500 anos estas estátuas resistiram na necrópole de Tebas, a oeste do rio Nilo.
 
 

O Obelisco Inacabado de Aswan

 
 
Outra pedra incrível extraída milhares anos atrás no antigo Egito.
 
O Obelisco Inacabado de Aswan é mais de duas vezes o tamanho de qualquer obelisco conhecido . Ele mede um escalonamento de 42 metros e teria tido um peso perto de 1.200 toneladas quando estivesse concluído.
 
Acredita-se que os construtores antigos abandonaram o obelisco quando fraturas naturais apareceram em seus lados.
 
O lado inferior do obelisco ainda está ligado à terra firme. Segundo os pesquisadores, o Obelisco inacabado de Aswan é uma das maiores pedras ja extraidas dos tempos antigos .
 
 

Baalbek, Líbano - A 'pedra do Sul "

 
 
 
Juntamente com o obelisco inacabado de Aswan, a "Pedra do Sul" em Baalbek são duas das maiores pedras já erigidos nos tempos antigos. Enquanto o peso exato da pedra varia de investigador para pesquisador, alguns propuseram um peso impressionante de cerca de 2.000 toneladas. No entanto, estas estimativas são consideradas irrealistas por muitos pesquisadores que propuseram que a "Pedra do Sul" no Ba'albek tem cerca de 1.300 toneladas.
 
A Pedra do Sul permanece ligado ao leito rochoso, assim como sua "copia" em Aswan, Egito.
 
 

"Le Grand Menhir Brisé"

 
 
Esta pedra incrível se acreditava ter sido um dos maiores megálitos conhecidos em pé no continente europeu. Hoje em dia, esta rocha "menir" (menir - também denominado perafita, é um monumento pré-histórico de pedra, cravado verticalmente no solo (ortóstato), às vezes de tamanho bem elevado) gigante é fragmentada em quatro partes que permanecem sobre o solo.  "Le Grand Menhir" é realmente um de um total de três estruturas encontradas no sitio arqueologico de Locmariaquer. Os investigadores estimam que, quando o menir estava completo, o seu peso variou de 355 - 400 toneladas com uma altura de mais de 20 metros.
 

O Ramesseum, Egito

 
 
Outro local antigo no Egito, que tem causado grande respeito entre os construtores, arquitetos e engenheiros.
 
O templo memorial do faraó Ramsés II é outra peça em evidência do antigo engenho egípcio. Hoje, apenas restam fragmentos da base do tronco da estátua majestosa de Ramsés. Com um escalonamento 1000 toneladas, esta incrível estátua antiga é outra peça fundamental que demonstra que os antigos egípcios tinham a capacidade e conhecimento para cortar, transportar, e trabalhar materiais extremamente pesados e difíceis.
 
A pedra usada para a estátua de Ramsés II foi transportado a mais de 170 milhas de Aswan até sua posição atual, Tebas.