Arqueólogos descobriram uma cidade perdida de 2.500 anos na Grécia

13/12/2016 14:41

 
 
A algumas horas de Atenas, foi descoberta uma "cidade perdida" com 2500 anos. As ruínas já eram conhecidas, mas dois arqueólogos resolveram "olhar mais de perto" e acabaram descobrindo uma cidade da Grécia Antiga, a 300 quilómetros da capital.
 
As ruínas da 'Vila de Vlochos' eram conhecidas pelos arqueólogos, mas eram consideradas parte "irrelevante" de uma povoação montanhosa.
 
"O fato de ninguém nunca ter explorado a montanha é um mistério", declarou o líder da investigação, Robin Ronnlund.
 
"Eu e uma colega acabamos encontrado o local ano passado por causa de um outro projeto, e logo percebemos seu grande potencial", disse.
 
A equipe - que também inclui cientistas do Ephorate of Antiquities of Karditsa - encontrou vestígios de torres, muros e portões, no pico e na encosta da montanha.
 
As muralhas, torres e portas da antiga cidade são claramente visíveis a partir do ar, como você pode ver nessa imagem abaixo
 
 
Os peritos esperam conseguir evitar a escavação e usar antes um sistema de radar, para não prejudicar o local.
 
Nas primeiras semanas de trabalho, foram encontrados pedaços de cerâmica e moedas datadas há 500 anos a.C.
 
Os investigadores acreditam que a cidade tenha florescido entre o quarto e o terceiro século a.C. e posteriormente foi abandonada com a conquista romana na área.
 
Os pesquisadores esperam aprender mais sobre a cidade antiga, em agosto do próximo ano.