O 'Ano do Mistério' mencionado no Livro de Enoch, quando os “Anjos Caídos” serão liberados, pode estar muito próximo, ou até mesmo em seus momentos finais...

10/04/2017 22:41

Tudo pode mudar agora : Goode revelou que escavações na Antártica estão sendo conduzidas e que câmeras de estagnação contendo os pré-adamitas (Anjos Caídos) foram encontradas.. Se os pré-adamitas forem libertados, então certamente haverá a necessidade de lidar com eles e seus descendentes híbridos a respeito de que papel eles terão quando a humanidade acorda para a sua verdadeira história...

 

 

Em 14 de março, a Israeli News Live publicou uma história incrivel intitulada “The Fallen Angels Imprisoned in Antarctica Are Still Alive” (Os Anjos Caídos, Aprisionados na Antártica Ainda Estão Vivos).  O comentarista, Steven Ben-Nun, analisou o Livro de Enoque, o qual descreve as experiências de Enoque, um personagem bíblico pré-diluviano, que foi levado aos céus para testemunhar e desempenhar um papel fundamental em um grande conflito celestial.

 

Enoque se tornou o principal intermediário entre os dois lados do conflito entre os “Anjos Caídos” e os “Anjos Justos”, servindo uma Divindade 'que sabe de tudo', referido como “o Senhor”. Houve múltiplas questões no conflito, tais como os Anjos Caídos cruzando e (ou) desempenhando experimentos genéticos com a humanidade, e passando conhecimento proibido e tecnologias para a civilização humana ainda em desenvolvimento naquele periodo.
 
O Livro de Enoque começa com a chegada de 200 Anjos Caídos na região do Monte Hermon, que faz fronteiro com o Líbano e a Síria de hoje. Os Anjos Caídos começaram a cruzar e (ou) modificar geneticamente os habitantes locais.
 
6.1 E sucedeu que, quando os filhos dos homens se multiplicaram, naqueles dias nasceram para eles filhas formosas e belas.
 
6.2 E os Anjos, os filhos dos Céus, as viram e cobiçaram. E disseram uns aos outros: “Venham, escolhamos para nós esposas, dentre as filhas dos homens, e geremos filhos para nós.” (uma raça hibrida)
 
6.6 E eles eram, ao todo, duzentos, e desceram em Ardis, que é o topo do Monte Hermon. E chamaram à montanha de Hermon, porque nela tinham jurado e se comprometido com maldições.
 
Embora os Anjos Caídos tenham estabelecido um posto avançado no Monte Hermon, foi para a Antártica que eles foram removidos finalmente, após perderem a batalha celestial com os Anjos Justos, de acordo com a análise de Ben-Nun do Livro de Enoque.
 
Ben-Nun cita passagens do Livro de Enoch, que são muito sugestivas de como a Antártica de fato pode ser o local para onde Enoch foi levado pelos céus para testemunhar eventos “celestes”:
 
18.5 E vi os ventos na Terra que sustentam as nuvens e vi os caminhos dos Anjos. Eu vi no fim da terra o firmamento dos Céus acima.
 
18.6 E eu continuei para o sul, e queimava dia e noite, aonde havia sete montanhas de pedras preciosas, três voltadas para leste, e três voltadas para o sul.
 
18.7 E aquelas voltadas para leste eram de pedra colorida, e uma de pérola, e uma de jacinto, e aquelas voltadas para o sul, de pedra vermelha.
 
18.8 Mas a do meio atingia os Céus, semelhante ao trono do Senhor, de antimônio, e o topo do trono era de safira
 
O que é interessante sobre o trecho acima é que Enoque se refere à localização que “queimava dia e noite”. Ben-Nun acredita que isto se encaixe com a descrição da Antártica durante o verão do hemisfério sul, onde existe luz solar 24 horas por dia.
 
Quanto as sete montanhas, isto parece se referir ao Monte Vinson, na Cordilheira Sentinela da Antártica, de acordo com Ben-Num. Ele também se refere às seis montanhas próximas na cadeia, que poderiam qualificar como as montanhas descritas no Livro de Enoque.
 
 
O Monte Vinson é a montanha mais alta da Antártica, e está localizada ao meio da Cordilheira Sentinela. Ela ficaria realçada bem de forma espetacular com seus picos de neve nos tempos antigos, como é hoje.
 
Quanto ao alinhamento ao sul e ao leste das seis montanhas adjacentes ao Monte Vinson descrito no Livro de Enoque, Ben-Num especula que este foi seu alinhamento antes do evento catastrófico de um dilúvio, que coincidiu com uma mudança do eixo de rotação da Terra.
 
Isto corresponde com a pesquisa conduzida por Sir Charles Hapgood, o qual assegura que as mudanças dos polos têm sido ocorrências regulares na história da Terra. Em seu livro de 1958, Earth’s Shifting Crust (A Crosta Deslocante da Terra), Hapgood propõe que uma mudança dos polos aconteceu no final da última idade do gelo, há aproximadamente 11.000 anos.
 
 
A conjectura de Ben-Nun é interessante, mas como pode ser visto no mapa que mostra a Cordilheira Sentinela, onde o Monte Vinson está situado, há muito mais do que sete montanhas na cadeia.  A conjectura de Ben-Nun não é conclusiva, como ele mesmo aponta. Mesmo assim, ele nos dá uma possível localização dos Anjos Caídos aprisionados, Monte Vinson, ou outras montanhas na Cordilheira Sentinela.
 
Ben-Nun discute o Livro de Enoque e sua referência aos Anjos Aprisionados que foram removidos do Monte Hermon para a Antártica (Monte Vinson/Cordilheira Sentinela):

 

18.14 E como um espírito me questionando, o Anjo disse: “Este é o lugar final do Céu e da Terra, esta é a prisão para as Estrelas dos Céus e Hostes dos Céus.
 
18.15 E as estrelas que rolam sobre o fogo são aquelas que transgrediram as ordenanças do Senhor no começo de sua ascensão, porque não surgiram nos seus tempos determinados.
 
18.16 E Ele ficou irado com elas, e aprisionou-as até o tempo da consumação de suas culpas, no Ano do Mistério.”
 
A referência de Ben-Nun quanto aos Anjos Caídos ainda estarem vivos na sua prisão na Antártica levanta uma possibilidade intrigante. O Livro de Enoque descreve um “Ano do Mistério”, quando eles serão libertados. Seria este um evento que logo testemunharemos?
 
Podemos começar a analisar alguns paralelos intrigantes entre a análise de Ben-Nun sobre o Livro de Enoque, e os recentes desacobertamentos do programa espacial secreto pelo delator Corey Goode, no que diz respeito à Antártica.
 
Como a figura pré-diluviana de Enoque, Goode diz que também foi levado para testemunhar eventos celestiais, por um grupo recém chegado de extraterrestres altamente evoluídos, chamados de “Aliança dos Seres da Esfera”. Como Enoque, Goode também foi solicitado a atuar como um intermediário para ambos os lados num conflito “celestial” que abrange todo o sistema solar 
 
Goode disse que isto começou em março de 2015, quando ele aceitou o papel como delegado para a Aliança dos Seres da Esfera nas continuadas negociações entre diferentes facções e grupos tanto da Terra quanto de civilizações de fora deste mundo.
 
Ele disse que foi levado até a Antártica por duas vezes para testemunhar eventos. No mais recente, em janeiro de 2017, ele viu os restos de uma civilização pré-adamita que havia florescido, até que uma enorme catástrofe global correspondente ao grande dilúvio destruiu cidades costeiras e planícies por todo o mundo, por volta de 12 a 13 mil anos atrás.
 
Goode disse que os pré-adamitas sobreviveram entrando em câmaras de estagnação na maior das naves-mães de 4,8 k de comprimento, que caiu na Terra por volta de 60.000 anos atrás, após os pré-adamitas terem sido expulsos da Lua, devido a um conflito com as facções extraterrestres lá dominantes.
 
.
 
Os pré-adamistas construíram sua base principal de operação na Antártica, e estabeleceram postos avançados na Ásia, Europa e nas Américas, de acordo com Goode. Logo um conflito emergiu entre os pré-adamitas e outros extraterrestres de aparência humana, que haviam conduzido 22 experimentos genéticos com a humanidade da superfície por aproximadamente 500.000 anos.
 
É aqui que o relato histórico de Goode ressoa com a análise de Ben-Nun do Livro de Enoch. Os Pre-Adamitas de Goode parecem ser os mesmos “Anjos Caídos” descritos no Livro de Enoch em termos de seus experimentos genéticos com a população humana local.
 
No caso do pouso de 200 Anjos Caídos no Monte Hermon, isto é consistente com as alegações de Goode de que os pré-adamitas estabeleceram colônias por toda a Terra, onde eles alteraram geneticamente os humanos das regiões e instalaram híbridos em posições de liderança.
 
Quanto aos Anjos Justos descritos no Livro de Enoque, estes pareceram ser os grupos de extraterrestres que tinham conduzido os 22 experimentos genéticos que estavam sendo interferidos pelos pré-adamitas.
 
Aliança dos Seres da Esfera, parecem estar tendo um papel similar do “Senhor que tudo sabe” mencionado no Livro de Enoque.
 
A análise de Ben-Nun de que os Anjos Caídos estavam aprisionados na Antártica, e ainda estão vivos, corresponde com as alegações de Goode de que os pré-adamitas estão em câmeras de estagnação em uma das naves mães que estão enterradas nas profundidades do gelo da Antártica.
 
Finalmente, Goode revelou que escavações na Antártica estão sendo conduzidas, e que estas câmeras de estagnação contendo os pré-adamitas foram encontradas. Os descendentes híbridos dos pré-adamitas, que estão entre a linhagem das famílias da elite que secretamente têm reinado sobre a humanidade, estão dispostos a ganhar acesso às câmeras de estagnação e acordar seus antigos ancestrais.
 
A meta parece ser a de fazer com que os pré-adamitas retomem ao seu antigo domínio nos assuntos planetários, assim permitindo que seus descendentes híbridos saiam das sombras e reinem diretamente sobre a humanidade. Isto sugere que o “Ano do Mistério” mencionado no Livro de Enoque, quando os Anjos Caídos seram liberados, pode estar muito próximo.
 
Tudo isto leva à intrigante questão: Seria o próprio Goode um Enoque dos dias modernos, sendo dado o papel de testemunhar e mediar entre os diferentes humanos e as facções extraterrestres, como foi delegado pela Aliança dos Seres da Esfera, que parece ser funcionalmente idêntica à “Divindade que tudo sabe” descrita no Livro de Enoque? Se este for o caso, isto sugeriria que o próprio Enoque seria um contatado extraterrestre da Aliança, ou de um grupo similar há 13.000 anos.
 
Se os pré-adamitas (Anjos Caídos) forem libertados, então certamente haverá a necessidade de lidar com eles e seus descendentes híbridos a respeito de que papel eles terão quando a humanidade acorda para a sua verdadeira história arquitetada por vários grupos de extraterrestres e famílias de linhagens de elite, que governam o planeta desde às sombras.

 

Fonte\Fonte\Fonte