6 incríveis pirâmides ao redor do mundo que não estão no Egito

09/08/2016 11:04

 Existem pirâmides que datam de 3.000 aC em todo o mundo. Como é possível que civilizações espalhados pelos cinco continentes conseguiram construir estruturas piramidais tão similares umas com as outras ?

 

 

Estudiosos tradicionais dizem que se você quiser fazer alguma coisa que vai ser alta, a primeira coisa que você sempre deve construir é algum tipo de pirâmide, porque é a estrutura mais estável que você poderia imaginar. E isso faz sentido, mas podemos encontrar um significado mais profundo no fenômeno mundial que são pirâmides? Conheça agora 6 pirâmides ao redor do mundo que não estão no Egito 

 

Meroé, Sudão

 

Meroé é o nome de uma antiga cidade na margem leste do Rio Nilo, na Núbia. A Núbia é uma região partilhada entre Egito e Sudão, mas na área pertencente ao Sudão estão mais de 200 pirâmides, construídas em um ângulo bem mais acentuado que as pirâmides egípcias.

 

Templo Mayor, México

 

Os astecas habitaram a região onde hoje é o México, entre os séculos XIV e XVI. Suas enormes pirâmides eram utilizadas em cultos religiosos, que muitas vezes envolviam sacrifícios. A pirâmide mais conhecida é a Templo Mayor, descoberta na década de 1970. A pirâmide foi construída em 1375 e finalizada apenas em 1478. Hoje, infelizmente, restam apenas ruínas do templo, e por isso você vê na imagem uma representação do que ele era no passado.

 

A Grande Pirâmide de Cholula, México

 

A Pirâmide de Cholula, também conhecida como Pirâmide de Tepanapa, é simplesmente a maior pirâmide do mundo em termos de volume. Situada no município de Cholula, estado de Puebla, no México, estima-se que seu volume total é de 4,45 milhões de m3 - 30% maior que a pirâmide de Quéops, no Egito. A pirâmide foi abandonada por razões desconhecidas e já no século XVI, quando os espanhóis chegaram ao local, estava coberta por pedras e plantas. Só foi redescoberta em 1930.

 

Monks Mound, EUA

 

Monks Mound é a maior pirâmide ao norte da Mesoamérica. Ela tem 30m de altura, 291 de comprimento e 236 de largura - praticamente o mesmo tamanho de base da pirâmide de Giza. Foi construída pela cultura mississipiana entre os anos 900 e 950. Sua função ainda é desconhecida, mas acredita-se que tenha tido um papel importante na vida religiosa das sociedades que ali habitaram.

 

Estruturas de Yonaguni

 

Ainda existe uma longa discussão sobre se as estruturas encontradas em Yonaguni, no Japão, são mesmo obra do homem ou são apenas estruturas de origem natural. Alguns autores afirmam que elas teriam sido construídas pela civilização Mu, que teria tido um destino semelhante aos atlantis, já que as ditas pirâmides estão hoje submersas.

 

Pirâmide na Bósnia

 

Segundo o autor Semir Osmanagić, existe uma pirâmide gigante na Bósnia que seria uma das mais antigas e maiores obras da humanidade. O problema é que a imensa maioria dos cientistas sérios afirma que a pirâmide é apenas uma montanha comum, com um formato bem curioso que realmente lembra uma pirâmide. Podemos dizer então que esta formação rochosa de 213 metros de altura é espécie de “pirâmide natural”, sem nenhuma intervenção do homem.

 

Fonte