A verdadeira historia de invocação do mal 2 ( O caso de Enfield )

15/01/2016 01:42

 

 
 
 

Objetos pegando fogo ou levitando, ruídos e batidas sem explicação e a possessão de uma criança, que entre outras coisas levitava até o teto. Conheça O Fantasma de Enfield.

 
A Senhora Peggy Harper e seus quatro filhos moravam em uma casa na localidade de Enfield, Londres-Inglaterra, quando, entre agosto de 1977 e setembro de 1978, coisas estranhas começaram a acontecer.
Objetos pegavam fogo pela casa ou então voavam (uma vez, um brinquedo atravessou a sala e acertou na cabeça de um fotografo). Mas os maiores fenômenos aconteciam com Janet, a filha de 12 anos. A Garota entrava em estados de transe a muitas vezes levitava da cama, muitas vezes parando no teto. Sua voz também mudava durante o transe.
 
Este caso é interessante porque várias fotos foram tiradas dos fenômenos. Os pesquisadores colocavam câmeras com disparo automático pela casa e assim conseguiram diversas fotos. Com estas fotos eles procuravam provar de uma vez por todas a existência do paranormal, mas isto não foi possível.
 
Veja a sequência de fotos abaixo:
 
 
Este é considerado um caso verdadeiro onde ocorreram diversas manifestação de fenômenos paranormais.
 
A Família Harper sempre nega falar sobre os acontecimentos de 1977.
 
Um documentário do canal inglês Channel 4 sobre o assunto. Esta é a primeira das 7 partes que ele está dividido.
 
 
Não fique triste se não conseguir entender o documentario pelo fato de estar em ingles, o filme "Invocação do Mal 2" vai mostrar todo o medo que as pessoas envolvidas no caso passaram .
 
 
‘Invocação do Mal 2’ acompanha uma ocorrência paranormal que se passou nos anos 1970 em Enfield, Inglaterra, e foi centrado em duas irmãs supostamente possuídas. Lorraine, investigadora paranormal real vivida por Farmiga, afirmou que viu as jovens levitarem e até testemunhou quando uma delas se desmaterializou. A garota foi encontrada 20 minutos depois em uma grande caixa de fusíveis, com seu corpo retorcido de tal forma que não era possível reproduzir a posição.
 
Warren ainda disse que o demônio falou diretamente com ela e seu marido, Ed, em várias ocasiões. Ela descreveu esta como uma das experiências mais aterrorizantes de sua carreira.
 
 

.

 

Fonte