A temida névoa tóxica que já matou mais de 100 mil em um ano

07/10/2016 09:34

No ano passado, somente no Sudeste Asiático, 100 mil pessoas morreram vítimas de uma névoa tóxica gerada a partir dos imensos incêndios florestais

 
 
 
Os cálculos foram feitos em um estudo científico das universidades de Harvard e Columbia. 
 
A pesquisa concluiu que, por causa de incêndios florestais que se prolongaram durante meses, 91.600 morreram pessoas na Indonésia, 6.500 na Malásia e 2.200 em Singapura. Além disso, outras 500 mil pessoas sofreram problemas no aparelho respiratório e há 150 milhões de habitantes da região que ainda correm sérios riscos de ficarem doentes. 
 
 
“Se nada mudar, essa 'bruma assassina’ continuará tendo um efeito terrível ano após ano”, afirmou, em um comunicado à imprensa, Yuyun Indradi, do Greenpeace da Indonésia. Os ativistas ambientais exigiram que o governo e o setor industrial da Indonésia adotassem medidas urgentes para combater a destruição indiscriminada de florestas e a drenagem de bacias hidrográficas para a irrigação das plantações. 

 

Fonte