A Prisão 'Mal-Assombrada'

11/01/2015 15:40

 

 

O antigo prédio do Reformatório Estadual de Ohio mais parece um hotel de luxo para ricos e famosos, com sua fachada do século 19 e vitrais.
 
 
Mas o interior não tem nada de luxo. As dezenas de celas são separadas por barras de metal ou portas velhas e decrépitas. O visual ainda lembra um pouco a prisão desesperadora do filme Um Sonho de Liberdade, que foi rodado em 1993 aqui.
 
 
Com os astros Tim Robbins e Morgan Freeman, o filme conta a história de um homem que consegue escapar da prisão após ter sido erroneamente condenado por assassinato.
 
 
Hoje, a prisão virou ponto turístico em Mainsfield, no Estado do Ohio. Um dos atrativos é a lenda de que o local é um dos mais mal-assombrados dos Estados Unidos, com relatos de pessoas que ouviram passos, gritos e choros.
 
 
A lenda é de que os fantasmas de prisioneiros e também de carcereiros nunca conseguiram superar seus sentimentos de culpa para deixar a prisão, e continuam vagando até hoje pelo local.
 
 
O prédio é tão decrépito que mesmo sem qualquer fantasma ele está constantemente fazendo barulhos, com o vento batendo em portas enferrujadas.
 
 
HISTÓRIA
 
O reformatório foi aberto em 1896 e recebia réus condenados pela primeira vez. A tentativa era evitar que eles fossem parar na penitenciária de Columbus, junto com presos perigosos.
 
 
Inicialmente o projeto foi um sucesso, com prisioneiros aprendendo marcenaria e produzindo o seu próprio alimento.
 
 
Mas o passar dos anos foi cruel na instituição. Nos anos 1970, o reformatório se transformou em uma prisão de segurança máxima, e ficou famoso pelas condições desumanas com que eram tratados os presos.
 
 
"O Buraco", uma cela solitária em que os presos eram forçados a dormir no chão, ficou famoso no filme Um Sonho de Liberdade, mas a invenção não era ficção. O mesmo local existe até hoje e está aberto para visitação do público.
 
 
O presídio finalmente foi fechado em 1990, e por pouco o belo prédio acabou demolido, mas foi salvo em parte pelos produtores do filme, que descobriram o cenário. Não fosse a decisão de filmar ali, o prédio provavelmente teria sido derrubado.
 
 
TURISMO
 
Graças ao trabalho de ativistas de preservação de patrimônio cultural, o antigo reformatório foi transformado em um bem-sucedido destino turístico, que revitalizou essa indústria em Mansfield.
 
 
A rodagem de Um Sonho de Liberdade ajudou a salvar o prédio. A popularidade imensa do filme vem ajudando a garantir o sucesso do local.
 
 
Hoje a cidade tem uma "trilha de Shawshank" (em referência ao nome da prisão no filme), em que é possível visitar a casa do personagem principal e a árvore onde ele enterrou sua fortuna.
 
 
Mas o reformatório segue sendo a principal atração da cidade. Muitos dos guias turísticos do prédio são antigos presidiários que viveram ali.
 
 
"Um dos guias esteve lá nos anos 1960. Outro esteve durante os anos 1980, então os dois tours dão ideias bem diferentes de como funcionava o sistema em cada época", diz Ron Puff, que administra as visitas guiadas.
 
 
As visitas funcionam de abril a setembro - algumas delas à noite, em busca dos "fantasmas" que estão escondidos no local. No mês de outubro, uma empresa assume a administração do prédio e monta uma "casa mal-assombrada aberta ao público", com efeitos especiais e atores.
 
 
 
 
Fonte: BBC