A maior descoberta de todos os tempos: A Super-Henge encontrada na Inglaterra

14/06/2017 10:47
 
 
Em Wiltshire, Inglaterra, fica um dos monumentos de pedra mais misteriosos da fase da Terra, o Stonehenge. Há seculos esse incrível monumento tem intriga arqueólogos do mundo todo, porem em setembro de 2015, a 3 km de distancia do sitio arqueológico, uma nova descoberta incrível foi feita, que pode mudar tudo o que sabemos.
 
Nas muralhas de Durrington, a maior estrutura antiga do complexo de Stonehenge do Reino Unido, os arqueólogos usando radar de penetração no solo descobriram algo surpreendente, quase 100 pedras monolíticas perpendiculares.
 
Esse Super Henge (como foi chamada a descoberta) é um enorme mistério, isso porque, de acordo com os arqueólogos que descobriram esta estrutura, ela é ainda mais antiga que Stonehenge. 
 
Stonehenge
 
A próxima pergunta que os arqueólogos terão que responder é.. Se essa estrutura é realmente mais antiga que Stonehente, então qual era seu objetivo e porque foi construída?
 
Segundo pesquisadores essas pedras, que talvez tenham até 5 metros de altura e pesam algo em torno de 10 a 15 toneladas cada uma, faziam parte de um arco gigantesco.
 
Elas foram construídas como parte integrante de um monumento misterioso, até mesmo anterior as muralhas de Durrington que datam de cerca de 2500 anos a.C. Na verdade, o especialista Andrew Collins acha que elas poderiam ir ainda mais longe no passado, e serem milhares de anos mais antigas.
 
 
O motivo destas estruturas estarem nesse local é realmente um total mistério para todos os investigadores.
 
David Cheetham, arqueólogo, acredita que essas pedras foram enterradas propositalmente e o motivo disso é um total mistério para todos os envolvidos na pesquisa
 
Embora as pedras do Super Henge formem um arco, muitos pesquisadores acreditam que elas originalmente formavam um circulo completo, muito parecido com outra estrutura antiga localizada a apenas 275 metros ao sul, o Woodhenge.
 
Woodhenge
 
Woodhenge é um monumento menor, que consiste em círculos concêntricos de estacas de madeira que apontam em direção ao céu ha 4.000 anos. O fato desse monumento ser circular, do mesmo modo que Stonehenge, sugere para os investigadores que as 90 pedras ao redor da extremidade de Durrington formavam um enorme circulo em si.
 
O mais incrível é que o Super Henge, não é tudo que foi encontrado debaixo da terra. Desde junho de 2010 uma equipe internacional de especialistas mapearam toda a área, usando a mais avançada tecnologia, e descobriram mais de 15 sítios soterrados. 
 
Super-Henge (Ilustração 3D)
 
Embora os cientistas convencionais acreditem que Stonehenge, e seus sítios arqueológicos vizinhos, eram apenas solos de rituais, não há registro que expliquem por que as pessoas antigas escolheram transportar e erguer estes blocos maciços que pesam até 50 toneladas. 
 
Algumas dessas pedras megalíticas foram transportadas de distancias superiores a 160 km, e agora que um segundo Stonehenge foi encontrado, a teoria que estes sítios eram usados apenas para enterros perde sua força.