A Lenda da Bruxa de Gwrach-y-rhibyn

17/08/2014 00:41

O significado do nome Gwrach-y-rhibyn, literalmente é "Bruxa da Bruma" mas é mais comumente chamada de "Bruxa da Baba".
Dizem que parece com uma velha horrenda, toda desgrenhada, de nariz adunco, olhos penetrantes e dentes semelhantes a presas. De braços compridos e dedos com longas garras, tem na corcunda duas asas negras escamosas, coriáceas como a de um morcego. Por mais diferente que ela seja da adorável banshee irlandesa, a Bruxa da Baba do País de Gales lamenta e chora quando cumpre funções semelhantes, prevendo a morte.
Acredita-se que a medonha aparição sirva de emissária principalmente às antigas famílias galesas. Alguns habitantes de Gales até dizem ter visto a cara dessa górgona; outros conhecem a velha agourenta apenas por marcas de garras nas janelas ou por um bater de asas, grandes demais para pertencer a um pássaro. Uma antiga família que teria sido assombrada pela Gwrach-y-rhibyn foi a dos Stardling, do sul de Gales. Por setecentos anos, até meados do século XVIII, os Stardling ocuparam o Castelo de São Donato, no litoral de Glamorgan. A família acabou por perder a propriedade, mas parece que a Bruxa da Baba continuou associando São Donato aos Stardling.
Uma noite, um hóspede do Castelo acordou com o som de uma mulher se lamuriando e gemendo abaixo de sua janela. Olhou para fora, mas a escuridão envolvia tudo. Em seguida ouviu o bater de asas imensas. Os misteriosos sons assustaram tanto o visitante que este voltou para cama, não sem antes acender uma lâmpada que ficaria acesa até o amanhecer. Na manhã seguinte, indagando se mais alguém havia ouvido tais barulhos, a sua anfitriã confirmou os sons e disse que seriam de uma Gwrach-y-rhibyn que estava avisando de uma morte na família Stardling. Mesmo sem haver um membro da família morando mais no casarão, a velha bruxa continuava a visitar a casa que um dia fora dos Stardling. Naquele mesmo dia, ficou-se sabendo que o último descendente direto da família estava morto.

Texto retirado da Coleção "Mistérios do Desconhecido" da Editora Abril

bruxa gwrach y rhibyn thumb A lenda da Bruxa Gwrach y Rhibyn (Bruxa da Bruma)
Gwrach-y-Rhibyn ("Bruxa da Bruma") é uma figura folclórica do País de Gales, onde ela é uma bruxa noturna com asas de morcego. Ela seria um augúrio da morte e é freqüentemente encontrada em encruzilhadas.

A Bruxa Gwrach y Rhibyn é uma entidade espectral que mustas vezes é descrita como tendo longos cabelos negros, olhos negros, e um semblante moreno. Às vezes, um de seus olhos são cinza e outro preto. Ambos são profundamente afundados.

Dizem que parece com uma velha horrenda, toda desgrenhada, de nariz adunco, olhos penetrantes e dentes semelhantes a presas. De braços compridos e dedos com longas garras, tem na corcunda duas asas negras escamosas, coriáceas como a de um morcego.

Com vestes negras, ela foi visto às vezes com longas asas batendo que caíram fortemente em seus lados, e, ocasionalmente, saiu voando na maioria dos relatos. O bater de suas de morcego asas podia ser ouvido contra as vidraças dos edifícios.

A Bruxa Gwrach y Rhibyn parace cumprir funções, como prever a morte. Acredita-se que a medonha aparição sirva de emissária principalmente às antigas famílias galesas. Ela foi muitas vezes vista e ouvida por pessoas da primeira metade do século XIX.
 
Leia mais em: http://arquivoufo.com.br/2013/01/06/a-lenda-da-bruxa-gwrach-y-rhibyn-bruxa-da-bruma/