A Estátua do Cemitério

24/02/2015 12:06
A primeira lenda que irei narrar aqui, é a mais famosa da minha cidade, e que, frequentemente, atrai turistas das cidades vizinhas. No fim deixarei alguns links...
 
A lenda em questão é de uma estátua do cemitério local, que, segundo dizem, caminha pelo cemitério e pelas ruas do bairro durante a noite.
 
'A mulher de bronze'', como é conhecida, encontra-se no Cemitério Paroquial de Itajubá, e segundo dizem testemunhas, ela já foi vista a perambular pelas ruas do bairro Cruzeiro, bairro este que se situa o cemitério.
 
A estátua é feita de bronze e em homenagem a D. Gabriela de Moura Fonseca, que viveu aqui entre o séc XIX e XX, e que, em toda sua vida, fora fotografada apenas uma vez - contra a sua vontade por seu filho -. A estátua é a imagem da tal fotografia.
 
O boato mais famoso conta que, certa vez, um homem incrédulo da lenda resolveu ir até o cemitério em uma noite no dia de finados e ter brincado com a estátua, feito caras e bocas em sua frente; indo embora naquela mesma noite com um amigo em um carro, ele dizia estar vendo a ''mulher do cemitério'' aparecendo pela rodovia, o que o levou a um acidente fatal na qual somente seu amigo sobreviveu para contar qual foram suas ultimas palavras...
Algumas pessoas que residem nas proximidades do cemitério dizem ver uma senhora muito parecida com a estátua, mas que caminha muito rapido (quase deslizando) pelas ruas e morros durante as madrugadas.