A Caixa Dibbuk Assombrada (Filme Possessão)

10/08/2014 23:20

Uns dias atrás eu assisti um filme bem interessante, chamado "Possessão". A história é sobre uma antiga caixa judaica que contêm um Dibbuk. Eu gostei bastante do filme e achei bem convincente a interpretação da menina que fica possuída. A história foi baseada em uma história real e fui saber mais na internet, mas todos os sites que falam são muito superficiais, confusos, traduzem do inglês, e assim resolvi fazer um post compilando tudo o que acabei lendo, de uma forma mais fácil de entender.

O início conhecido da história:

A caixa foi comprada na Espanha, por uma mulher chamada Havela e esta é a sua triste história: nascida na Polônia, onde cresceu, casou e criou uma família, até que foi enviada para um campo de concentração nazista durante a 2ª Guerra Mundial. Foi o único membro de sua família que sobreviveu, todos os outros morreram: seus pais, irmãos, uma irmã, marido, dois filhos e uma filha. Quando saiu do campo, escapando com alguns outros prisioneiros, ela fez um caminho que a levou para a Espanha, onde viveu até o fim da guerra. Lá ela compra um pequeno armário de vinho, e não suportando mais a guerra, invoca um demônio para acabar com ela, mas sem controle sobre ele o aprisiona nesta caixa de vinho, que junto com um baú e uma caixa de costura, trás com ela quando imigra para os Estados Unidos.

Já nos Estados Unidos ela disse para sua neta que a caixa continha um Dibbuk e que nunca deveria ser aberta, jamais. A Sr. Havela guardava a caixa dentro de seu cômodo de costura, sempre a vigiando. Além disso, ela dizia para a neta que era para enterrar a caixa junto com ela.

Com 103 anos, a Sr. Havela morreu e seu desejo de ter a caixa enterrada com ela não foi possível realizar, pois é contrário às regras de um enterro judeu ortodoxo.

Sua neta decidiu fazer uma venda de garagem para se desfazer das coisas de sua avó, e desta forma, a frente de sua casa, localizada na cidade de Portland - Oregon, ficou cheia de coisas, entre elas a misteriosa caixa de vinho.

O 1º Comprador

Kevin Mannis, proprietário de uma pequena loja de venda de móveis restaurados, em busca de produtos para vender, parou nesta venda de garagem e comprou alguns móveis, e entre eles estava a caixa de vinho (que ele diz ser menor que um engradado de cerveja e com duas portas na frente, decoradas com cachos de uvas). No momento em que ia embora, a neta da Sr. Havela informa que a caixa de vinho pertencia a sua avó e que ela continha um Dibbuk, e que nunca deveria ser aberta, que era desejo dela e ela queria que as pessoas o respeitassem. O Sr. Mannis percebendo que a moça tinha uma grande ligação sentimental com a caixa, tentou devolver, informando que era melhor ela ficar com a caixa, mas a moça ficou furiosa e disse "Você a comprou, agora leve!" e foi embora. Mannis pegou tudo e levou para sua a loja.

 

Kevin Manis, que comprou a caixa em uma venda de garagem

Depois que trouxe a caixa para a loja, coisas muito estranhas começaram a acontecer, suficientes para fazer um funcionário pedir demissão por ter medo de ficar nela! Lâmpadas explodiram sem explicação, vozes falavam palavrões e um cheiro de xixi de gato apareceu.

O conteúdo inteno da caixa



Com a intenção de dar a caixa de vinhos para sua mãe, Mannis resolveu restaurá-la e abriu a caixa! O que ele encontrou lá dentro foi:

- Uma moeda americana de 1 centavo (Penny) de 1928
- Uma moeda americana de 1 centavo (Penny) de 1925
- Uma pequena mecha de cabelo loiro (amarrado com corda)
- Uma pequena mecha de cabelo preto/marrom  (preso com corda)
- Uma estátua de granito com letras hebraicas gravadas em dourado
- Um botão de rosa seco
- Um copo de vinho de ouro
- Um castiçal de ferro fundido com pernas de polvo.

Quando ele deu para sua mãe, ela depois de 5 minutos sofreu um derrame! Ela ficou com metade do corpo paralisado e durante muito tempo não falava. Ela disse para Mannis, apontando as letras com o dedo, que não gostou do presente...
 

A mãe de Kevin, senhora Ida Mannis que ganhou um presente de grego do filho...

Muitas outras coisas ruins ocorreram com Mannis e cansado e querendo se livrar da caixa, ele resolve leiloá-la no Ebay e descreve a história completa do que havia passado desde que a comprou, já alertando o comprador sobre o que ele levaria para casa. Você pode ver a página original com toda a história relatada por Mannis no Ebay clicando aqui. Caso não saiba inglês, encontrei uma tradução muito boa no blog Lado Negro.

Quando foi limpar a caixa, Mannis descobriu esta inscrição na parte de trás.

O 2º Comprador

O vencedor do anúncio no eBay foi um usuário chamado Nietzke, que a arrematou por 140 dólares, o conteúdo e - provavelmente - a sua infestação demoníaca.

E é claro que Nietzke começou a ter experiências ruins depois que recebeu a caixa, experiências estas que ele também descreveu no eBay. Segundo ele disse, as experiências incluem odores estranhos na sua casa, uma infestação de insetos, mau funcionamento de aparelhos eletrônicos e problemas em sua visão periférica.

Com medo, Nietzke resolveu leiloar novamente a caixa pelo eBay.
 

Página do eBay onde estava sendo realizado o leilão da caixa por Nietzke

O 3º Comprador e atual dono da caixa.

Jason Haxton, curador de um museu universitário de uma pequena cidade, que coleciona parafernália religiosa, tinha ouvido falar desta caixa através de um estudante, que era companheiro de quarto de Nietzke e assim que soube do leilão o arrematou.

No dia seguinte ao recebê-la no seu escritório, Haxton relata: "Eu acordei com o olho direito parecendo que tinha sido picado por alguma coisa." Outras coisas esquisitas relatadas foram fadiga, um gosto metálico na boca, congestão nasal e tosse constante. Ao redor da casa, Haxton diz que, ocasionalmente, sente o cheiro de urina de gato e de flores.

Com a ajuda de Rebecca Edery, uma livreira judaica ortodoxa que vive no Brooklyn e cujo pai estudou cabala, eles foram capazes de descobrir a finalidade da caixa e segundo ela "para pôr fim aos infortúnios, a caixa precisa de um enterro formal, envolvendo um minyan de 10 homens, ou um grupo de oração."

Tudo só melhorou quando Haxton fez um ritual wiccano de exorcismo em outubro de 2004 e guardou o baú numa arca de acácia folheada de ouro.

Jason Haxton manipulando o conteúdo interno da caixa.
A caixa envolta em um baú de acácia folheado a ouro. Só assim que Haxton teve paz

A caixa está até hoje com Jason Haxton, que precisou até mudar o número do seu telefone de tanta gente que ligava querendo saber da caixa. Ele fez um site - The Dibbuk Box - que tem resposta para muitas das perguntas mais frequente e escreveu um livro detalhado sobre o assunto, também chamado The Dibbuk Box, que você pode comprar por U$ 19.95 a versão impressa e U$ 9.95 a digital neste site.

Capa do livro vendido por Jason Haxton

Para finalizar, como disse no início deste post, toda esta história serviu de inspiração para o filme Possessão, lançado em 2011 e dirigido por Sam Raimi.

Sinopse: Clyde (Jeffrey Dean Morgan) e Stephanie Brenek (Kyra Sedgwick) estão separados, mas conseguem se relacionar para o bem das duas filhas do casal. Quando ele compra uma casa nova, sua filha mais nova Em (Natasha Calis) o convence a comprar algumas coisas para lá, entre elas, uma caixa de madeira muito bem trabalhada e ao mesmo tempo misteriosa, que não se pode abrir. Encantanda pelo artefato, a jovem descobre como se abre, passa a ouvir vozes e, em seguida, estranhos acontecimentos começam a acontecer na casa. Desconfiado do comportamento da caçula, totalmente diferente, ele conversa com a ex que não dá ouvidos e eles começam uma nova crise. Quando a mãe se dá conta de que ele falava a verdade, já é tarde demais, pois a jovem está possuída por um espírito do mal, que se alimenta de seus hospedeiros. Começa então uma corrida contra o tempo para salvá-la e um exorcismo pode ser a solução.

Fonte: Aoombrado