O Universo 2

O Universo: Nebulosas

 
Elas são caóticas e surpreendentes, e sua beleza se forma a partir do vazio do espaço. "As nebulosas são tudo na galáxia que as estrelas não são".     Sopros de matéria, por vezes se unindo e outras se distanciando. Algumas  escuras,   outras reluzindo em cores brilhantes, muitas tomando a forma de    coisas estranhamente familiares. "O interessante é que quando pessoas   olham para as nebulosas, começam a ver coisas nelas". Nem estrelas, nem planetas, elas são as jóias da coroa da galáxia. Agora, o universo revela sua incrível demonstração de nascimento e morte estelares, e o ciclo de criação por dentro delas: as nebulosas. 

 

O Universo: Buracos Cósmicos

 

Nosso universo infinito está repleto de fenômenos estranhos e violentos que  podem transportar a vida. Imagine portais cósmicos, onde objetos podem desaparecer, ser lançados ou fugir para outro lugar no espaço ou no tempo.    "Eles são passagens para o limbo, na maioria. Você é rasgado em buraco     negro, transportado para outra parte do universo ou destruído por um jato de      um buraco branco." Decolemos para o lado longínquo do universo, onde os     cientistas procuram buracos negros e buracos brancos. Eles são meras     fantasias ou fatos científicos? 

 

O Universo: Saturno, o Senhor dos Anéis

 
Ele é a grande atração do sistema solar. Banhado em luz própria, conquista multidões de admiradores. Mas sua beleza tem um lado sombrio. Trata-se de uma imensa e gélida bola de gás, cercada por anéis que giram 65.000 quilômetros por hora. É um planeta de clima violento, com uma tempestade polar maior do que os EUA. "Saturno tem um dos climas mais violentos do sistema solar. Os raios são 1 milhão de vezes mais fortes do que os da Terra". E suas luas são ainda mais fascinante. "Os gêiseres em Encefalo lançam vapor de água a centenas de quilômetros, pois a gravidade é muito baixa e não há atmosfera para contê-los". Outra lua tem atmosfera, oceanos e montanhas. Existiria vida em uma delas? 

 

O Universo: O Fim da Terra

 
Terra, o único planeta do solar capaz de sustentar a vida. Contudo, ao longo da história, nosso planeta tem sido um saco de pancada cósmico. "Tudo que cruza a órbita da Terra pode um dia se chocar contra ela". Nesse exato momento pesos pesados celestes vagam pelo universo e ameaçam nocautear a Terra. "Seria como se todo o armamento da Terra detonasse ao mesmo tempo. Seria como estar perto de Hiroshima em qualquer lugar do mundo". "Tudo seria feito em pedaços, nossos corpos voariam para o infinito". Mas alguns cientistas e ex-astronautas não pretendem se render. Tentam localizar estes assassinos cósmicos antes que desencadeiem o Armageddom. 

 

O Universo: Marte - O Planeta Vermelho

 
Seu nome vem do deus romano da guerra. Um astro distante e avermelhado no céu noturno. Uma fonte de extravagantes conjecturas a séculos. Poderia ser o    lar de uma civilização hostil? Existe mesmo um rosto em sua superfície? Nosso fascinante vizinho planetário ainda nos cativa. É tanto uma base para uma futura colonização como guardião de segredos biológicos de 4 bilhões de anos. Marte,     o planeta vermelho, pode deter a chave do nosso futuro e do nosso passado. 

 

O Universo: Júpiter

 
A 600 milhões de quilômetros da Terra, existe um mini sistema solar com mais    de 60 luas que giram ao redor de um imponente planeta gasoso. Com suas cores  e manchas, ele tem uma beleza estranha, mas contêm violentas tempestades e correntes de jato. Essa grande e brilhante bola de fogo poderia ter sido a estrela  de Belém? Uma de suas luas poderia abrigar vida sobre uma crosta gelada? "Achamos que existem formas de vida em Europa porque a água é um componente central". "Quero pescar no gelo de Europa. Abrir um buraco para   um submersível e ver se algo nada até a câmera. É o que quero fazer". E o    nosso planeta. Será que ele deve sua sobrevivência a este gigantes imã  cósmico?